Correio do Povo | Notícias | Comunidade de Cachoeirinha aguarda pela retomada das obras do CEU

Porto Alegre

26ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

  • 22/02/2018
  • 09:58
  • Atualização: 10:07

Comunidade de Cachoeirinha aguarda pela retomada das obras do CEU

O centro de esportes deveria ter sido concluído em setembro de 2014 na zona Norte da cidade

A estrutura foi parcialmente erguida entre as ruas João Paulo II, Estrela e a avenida Cristóvão Colombo | Foto: Fernanda Bassôa / Especial / CP

A estrutura foi parcialmente erguida entre as ruas João Paulo II, Estrela e a avenida Cristóvão Colombo | Foto: Fernanda Bassôa / Especial / CP

  • Comentários
  • Fernanda Bassôa

A comunidade de Cachoeirinha, em especial do bairro Vista Alegre, na zona Norte, reclama do descaso do poder público por conta do abandono das obras da praça do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), no Campo do Estrela. A construção, que deveria ter sido concluída em setembro de 2014, é alvo de depredações e vandalismo. A auxiliar de limpeza, Izaura dos Santos, 53 anos, que mora em frente à estrutura parcialmente erguida entre as ruas João Paulo II, Estrela e a avenida Cristóvão Colombo, comenta que a comunidade aguarda com ansiedade pela retomada dos trabalhos. “Aqui no bairro tem muito jovem e bastante crianças. Precisamos de um local assim, de entretenimento e diversão.”

O projeto inicial previa a construção em uma área de 3 mil metros quadrados, com biblioteca pública, salas multiuso, telecentro, área para exposição, cineteatro, auditório, pista de skate, playground, quadra coberta e área verde. Os gastos seriam de R$ 2 milhões, numa parceria entre os governos municipal e federal. No entanto, a prefeitura afirma que vai empenhar aporte maior, pois será preciso recuperar o empreendimento. Conforme o município, a construção foi interrompida porque a empresa anteriormente responsável pelos trabalhos desistiu da obra. Agora, deverão ser feitas duas licitações, uma para recuperar o que foi depredado e outra para conclusão do projeto.  

De acordo com a prefeitura, atualmente, a Caixa Econômica Federal está encerrando a análise dos documentos para autorizar a licitação e, posteriormente, a contratação de empresa para dar continuidade à obra. Apesar das alterações e da reavaliação do projeto, tudo que estava previsto anteriormente será respeitado. O prazo projetado para a conclusão dos trabalhos é 30 de dezembro deste ano. A expectativa é de que mais de 10 mil famílias sejam beneficiadas diretamente com as atividades de promoção social que deverão acontecer no centro.