Correio do Povo | Notícias | Prefeitura de Rio Grande realiza pregão para a compra de 45 mil imãs de geladeira

Porto Alegre

19ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 15 de Novembro de 2018

  • 16/03/2018
  • 09:44
  • Atualização: 10:05

Prefeitura de Rio Grande realiza pregão para a compra de 45 mil imãs de geladeira

O material vai integrar ações de combate e prevenção à dengue e conta com verba do Estado

  • Comentários
  • Angélica Silveira

Em campanha para prevenir o mosquito da dengue, a Prefeitura de Rio Grande está realizando a licitação para a compra de 45 mil imãs de geladeira. A ação, entretanto, gerou reclamação de moradores. Conforme o chefe de Licitação, Controle e Contratos da prefeitura, Ademir Casartelli, a verba de R$ 70 mil foi repassada pelo governo do Estado para ser utilizada na campanha contra a dengue. Do valor, R$ 52 mil serão usados para os imãs, que podem ser adquiridos em até um ano. "O valor é estimado para contratações futuras e modalidade pregão para selecionar o fornecedor”, explica.

Em 2018, foram encontrados três focos do mosquito Aedes aegypti no município, que é considerado infestado. “A ideia é que o ímã seja utilizado para fixar o controle de visitas das agentes. O que temos visto é que a ficha que deixamos as pessoas acabam perdendo e quando retornamos, dois meses depois, perdemos o histórico e temos que fazer outra”, relata a superintendente da Vigilância em Saúde de Rio Grande, Michele Meneses. Ela relata que, além dos imãs, o programa de prevenção à doença conta com outros tipos de materiais como informativos, folders, palavras-cruzadas esacolas. “Agora estamos tentando inovar para que as medidas de prevenção sejam mais eficazes. Vários municípios já fazem isso”, observa. Ela acredita não ser uma compra absurda, que justifique a polêmica que está ocorrendo. “São 104 mil imóveis cadastrados para visita dos agentes e estamos pedindo 45 mil imãs, o que não chega a metade”, opina.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde justifica a compra alegando que o item será utilizado para a realização de ações relacionadas à prevenção da dengue na cidade. “Os recursos para a aquisição dos imãs são oriundos de verba estadual e só podem ser utilizados para campanhas de prevenção à dengue. Campanhas similares, com os mesmos materiais, já foram realizadas em outras instâncias de governo”, finaliza a nota.


TAGS » Dengue, Rio Grande