Correio do Povo | Notícias | Serra dos Tapes será rota de cicloturismo na zona Sul do Estado

Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

  • 02/04/2018
  • 08:40
  • Atualização: 08:42

Serra dos Tapes será rota de cicloturismo na zona Sul do Estado

O trajeto terá 114 quilômetros para serem ser percorridos em três dias e duas noites

Trechos no interior de Morro Redondo terão percurso para ciclistas | Foto: Leandro Karam / Divulgação / CP

Trechos no interior de Morro Redondo terão percurso para ciclistas | Foto: Leandro Karam / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Angélica Silveira

A Serra dos Tapes, no interior de Pelotas e Morro Redondo, no Sul do Estado, será utilizada como rota de cicloturismo. A iniciativa é fruto de parceria entre as Secretarias Municipais de Desenvolvimento Rural das cidades, o Sebrae e o grupo Pedal Curticeira. Em meio à mata nativa, o trajeto terá 114 quilômetros para serem ser percorridos em três dias e duas noites, partindo da cascata em Pelotas. Em 10 de maio, será lançado um site com informações e para a aquisição do kit de inscrição. As secretarias estão encarregadas da sinalização e manutenção das vias.

A Serra dos Tapes é parte da região montanhosa da Metade Sul do Estado. O local apresenta diversidade ecológica e cultural. Em torno de 60% do trajeto fica em Pelotas. Conforme o secretário de Desenvolvimento Rural, Jair Seidel, o objetivo é levar aqueles que gostam de ciclismo do país e exterior para Pelotas. “Ao longo da rota, as pessoas vão poder desfrutar de gastronomia e hospedaria e comprar produtos coloniais, o que levará receita para a região.” O Pedal Curticeira irá organizar os participantes e os roteiros. “Além de manter e sinalizar as vias, daremos assistência técnica aos agricultores que queiram montar negócios no trajeto. Oito empreendimentos já estão estruturados e com pessoal treinado pelo Sebrae para receber os ciclistas”, destaca o secretário.

O coordenador do Pedal Curticeira, Leandro Karam, diz que essa área entre Pelotas e Morro Redondo será a primeira rota de cicloturismo da região e a primeira via ecológica da América Latina de cicloturismo. “A partir de 10 de maio, passaremos a receber a qualquer dia e hora na rota. É uma estrutura permanente de sinalização que fica à disposição e vai possibilitar que o viajante guie-se de maneira autônoma, visitando as oito propriedades que participam do projeto.”