Correio do Povo | Notícias | Hospital de Sapucaia solicita credenciamento para referência em cirurgias oncológicas

Porto Alegre

19ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

  • 05/04/2018
  • 11:21
  • Atualização: 11:40

Hospital de Sapucaia solicita credenciamento para referência em cirurgias oncológicas

Instituição já realiza os procedimentos, mas espera ampliar serviço com recursos federais

O credenciamento do Getúlio Vargas permitirá ampliar serviço oncológico | Foto: Fernanda Bassôa / Especial / CP

O credenciamento do Getúlio Vargas permitirá ampliar serviço oncológico | Foto: Fernanda Bassôa / Especial / CP

  • Comentários
  • Fernanda Bassôa

Mesmo sem recursos federais, o Hospital Municipal Getúlio Vargas, de Sapucaia do Sul, já realiza cerca de 200 cirurgias oncológicas por ano. Com a intenção de expandir o serviço, o secretário municipal da Saúde, Neio Lúcio Pereira, apresentou nesta semana ofício à Comissão de Intergestores Regionais (CIR), em Campo Bom, solicitando ao Departamento de Assistência Hospitalar e Ambulatorial que o hospital possa ser credenciado como referência em cirurgias oncológicas.

“Pela CIR já houve aprovação. Agora, a solicitação será encaminhada à Comissão Intergestores Bipartite do Estado e, posteriormente, ao Ministério da Saúde. Nossa expectativa é que tenhamos uma resposta positiva até o final deste semestre, para que possamos ampliar e qualificar estes procedimentos", informou o secretário. A instituição realiza principalmente cirurgias ligadas ao câncer de mama, útero, ovário e no aparelho digestivo. Segundo Pereira, o Getúlio Vargas reúne condições necessárias para ser referência na área. “Queremos transformar nosso hospital em um hospital escola, um polo de ensino e pesquisa”, antecipa.

O prefeito Luis Rogério Link, afirma que o hospital possui equipe técnica qualificada e é constantemente demandado para a realização destes procedimentos. “Estamos buscando este credenciamento junto ao Ministério da Saúde para que o serviço, que já vem sendo realizado, possa expandir e desafogar os hospitais da nossa região”, ressaltou.