Correio do Povo | Notícias | Entroncamento da ERS 400 com a RSC 287, em Candelária, terá rótula

Porto Alegre

19ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

  • 09/04/2018
  • 08:59
  • Atualização: 09:15

Entroncamento da ERS 400 com a RSC 287, em Candelária, terá rótula

Objetivo é aumentar a segurança dos motoristas que trafegam pelo trecho

  • Comentários
  • Otto Tesche

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) realiza a construção de uma rótula fechada no entroncamento da ERS 400 com a RSC 287, em Candelária. O objetivo é aumentar a segurança dos motoristas que trafegam pelo trecho. Por enquanto, o fluxo de veículos da RSC 287 continua acontecendo pela pista central. No entanto, com conclusão da intervenção, o trânsito vai sofrer alterações.

Após a conclusão das obras, os carros que trafegarem pela RSC 287, nos dois sentidos vão utilizar alças nas laterais da rótula, pois a pista central será fechada. Já aqueles que saírem da ERS 400 para ingressar na RSC 287 vão contornar a rótula, prestando atenção somente em uma direção de cada vez. Com isso, o trânsito no entroncamento passará a ser igual ao trevo principal de acesso à Candelária.

Para quem viaja no sentido Santa Cruz do Sul – Santa Maria e quer ingressar na ERS 400, em direção a Sobradinho, será somente necessário dobrar à direita. Os motoristas que trafegarem em sentido contrário, vão precisar contornar a rótula. Ainda não há informações sobre prazo para que as alterações aconteçam, pois, conforme o Daer, essa obra pertence ao programa Crema Santa Maria-Cachoeira do Sul, que tem como data limite dezembro deste ano.

As obras iniciaram no mês passado. Atualmente, estão sendo executados serviços de pavimentação. Já foram concluídas as etapas de terraplanagem e drenagem. A próxima fase consiste em sinalizar o trecho, vertical e horizontalmente. Conforme informações do Daer, foram investidos R$ 1,5 milhão, por meio do Banco Mundial.