Correio do Povo | Notícias | Professora de Venâncio Aires denuncia agressão

Porto Alegre

19ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

  • 20/04/2018
  • 08:47
  • Atualização: 09:26

Professora de Venâncio Aires denuncia agressão

A Polícia Civil de Venâncio Aires instaurou um termo circunstanciado para apurar o caso

  • Comentários
  • Otto Tesche

A Polícia Civil de Venâncio Aires instaurou um termo circunstanciado para apurar as agressões contra uma professora de uma escola do bairro União, em Venâncio Aires. Ela relatou ter recebido socos e pontapés na saída do colégio no fim da tarde de quarta-feira, após o término da aula, quando foi surpreendida pela mãe de três alunas. A mulher teria esperado a professora na rua para agredi-la.

Aos policiais, a educadora contou que foi socorrida por uma colega e uma mulher que passava na rua. Após receber atendimento, registrou boletim de ocorrência na delegacia. Na quinta-feira, a mãe também esteve na DP e contou outra versão. Segundo o delegado Vinícius Assunção, a mulher teria confirmado que atingiu a educadora com socos e pontapés, mas disse que a professora teria pego um pedaço de madeira antes do início das agressões. A mãe relatou que a família dela estaria sendo alvo de perseguições, por conta de supostas mentiras contadas pela educadora.

Em comunicado, a prefeitura garante que os fatos estão sendo apurados pela administração municipal. “A equipe diretiva da escola já esteve reunida com a Associação de Pais e Mestres (APM) e com o conselho da instituição para debater e apurar as causas do incidente”, diz a nota.