Correio do Povo | Notícias | Complexo turístico de Santa Cruz do Sul será ampliado

Porto Alegre

23ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 18 de Novembro de 2018

  • 23/04/2018
  • 08:33
  • Atualização: 08:53

Complexo turístico de Santa Cruz do Sul será ampliado

O investimento no Lago Dourado será de R$ 10,6 milhões e as obras ocorrerão em 16 meses

Município investirá R$ 10,6 milhões em estruturas no entorno do lago Dourado | Foto: Bruno Pedry / Gazeta do Sul / CP

Município investirá R$ 10,6 milhões em estruturas no entorno do lago Dourado | Foto: Bruno Pedry / Gazeta do Sul / CP

  • Comentários
  • Otto Tesche

O município de Santa Cruz do Sul investirá R$ 10,6 milhões na pavimentação da ciclovia, construção de via de acesso e terraplenagem dos módulos 1 e 2 do Complexo Lago Dourado. As intervenções serão executadas pela empresa contratada em um prazo máximo de 16 meses. A prefeitura já lançou o edital para contratação dos serviços visando à realização das obras de infraestrutura na área, às margens da ERS 409.

As obras fazem parte da segunda etapa das intervenções, que tiveram início em janeiro de 2016, com a execução da drenagem para construção de uma segunda taipa no entorno do reservatório. Na nova fase de serviços, haverá a finalização da duplicação da pista que hoje é utilizada tanto para ciclismo como para caminhadas. A pista rente ao espelho d'água será exclusiva para caminhadas e a externa ficará restrita a usuários de bicicleta. Ambas serão pavimentadas e separadas por canteiro arborizado e equipado com bancos e luminárias de pétalas.

A nova fase contemplará a terraplenagem para configuração das futuras edificações do complexo e envolverá ainda a construção de amplo estacionamento. Para a terceira e última etapa do projeto, restarão os trabalhos de terraplenagem do módulo 3. O investimento total no complexo turístico do lago Dourado é de R$ 20 milhões. O valor foi assegurado no contrato assinado entre a Prefeitura de Santa Cruz do Sul e a Corsan, em julho de 2014. Até agora, foram investidos cerca de R$ 7 milhões.

O reservatório do lago Dourado foi projetado em 1997 e inaugurado no ano 2000 para garantir o abastecimento da cidade, mesmo durante longos períodos de estiagem. Seis anos depois, foi elaborado o projeto turístico para o local. O plano prevê que as estruturas serão distribuídas em três módulos. Estão previstos, entre outros, estacionamentos, pistas de caminhada, ciclismo e skate, quiosques, quadras poliesportivas, praça de alimentação, academia ao ar livre e banheiros, todos projetados com acessibilidade.