Correio do Povo | Notícias | Grupo de trabalho busca reduzir descarte irregular de lixo em São Leopoldo

Porto Alegre

22ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

  • 10/05/2018
  • 09:32
  • Atualização: 09:42

Grupo de trabalho busca reduzir descarte irregular de lixo em São Leopoldo

Município conta com pelo menos 200 pontos de acúmulo de resíduos em diversos bairros

A Estrada do Quilombo é um dos pontos que recebe resíduos de forma irregular | Foto: Stephany Sander / Especial / CP

A Estrada do Quilombo é um dos pontos que recebe resíduos de forma irregular | Foto: Stephany Sander / Especial / CP

  • Comentários
  • Stephany Sander

Com um grupo de trabalho atuando desde janeiro para diminuir o descarte irregular de lixo em São Leopoldo, a prefeitura combate o acúmulo de resíduos em bairros do município. Conforme a Secretaria Municipal de Mobilidade e Serviços Urbanos, a cidade conta com pelo menos 200 pontos nessa situação, principalmente pelas regiões do Rio dos Sinos, Scharlau, Vicentina, Santos Dumont e Campina.

Na Estrada do Quilombo, próximo a aldeia Por Fi Ga, o acúmulo de lixo já dura mais quatro meses, segundo moradores. "Passo por aqui diariamente e nunca vi limpo, o problema é que se a prefeitura recolher o lixo, vão sujar de novo", afirma um morador que prefere não se identificar.

De acordo com a prefeitura, o Grupamento de Defesa Ambiental da Guarda Civil Municipal, que atua junto com à Secretaria do Meio Ambiente, fiscaliza o descarte irregular e aplica multas, com valores que variam entre de R$ 350 até R$ 20 mil. Em caso de autuação, ainda ocorre penalização por crime ambiental. Dentro de 60 dias, a administração espera abrir três novos entrepostos para o descarte de resíduos de maio volume.