Correio do Povo | Notícias | Furto de cabos deixa 1,1 mil alunos sem aula em Caxias do Sul

Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

  • 10/05/2018
  • 16:22
  • Atualização: 16:36

Furto de cabos deixa 1,1 mil alunos sem aula em Caxias do Sul

Fios de alta tensão levados alimentam a estrutura da escola técnica Eetcs

Prejuízo estimado com o material furtado é de R$ 2,5 mil | Foto: Viviane Cristina Rodrigues / Divulgação / CP

Prejuízo estimado com o material furtado é de R$ 2,5 mil | Foto: Viviane Cristina Rodrigues / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Celso Sgorla

Os 1,1 mil alunos dos ensinos médio e profissionalizante da Escola Estadual Técnica Caxias do Sul (Eetcs), no bairro Presidente Vargas, não tiveram aula nesta quinta-feira em função do furto de cabos elétricos durante a madrugada. Os fios de alta tensão furtados alimentam toda a estrutura do colégio e ficam nos fundos do terreno. A ocorrência fez com que as atividades precisassem ser suspensas.

A diretora Elisabete Valmorbida informou que logo ao chegar à escola foi informada por um dos guardas do Hospital Geral de que o local estava sem luz desde as 3h. Ela disse que esta é a segunda vez que a fiação é furtada. A segurança no local havia sido reforçada em função da ocorrência anterior, mas não foi o suficiente para evitar que o material fosse levado novamente. O prejuízo estimado é de R$ 2,5 mil. A professora não garante o retorno das aulas para esta sexta-feira porque é necessário recolocar a fiação e depois ser feito o restabelecimento do fornecimento por parte da concessionária. 

Casos de furtos de cabos de energia têm sido recorrentes em Caxias do Sul. O prédio do Arquivo Histórico, o Centro de Reservação do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto, a Praça do Trem, a Casa de Pedra e o Parque Cinquentenário foram alguns dos alvos.