Correio do Povo | Notícias | Construção de presídio em Bento Gonçalves levará dez meses

Porto Alegre

11ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 22 de Maio de 2018

  • 14/05/2018
  • 09:05
  • Atualização: 09:19

Construção de presídio em Bento Gonçalves levará dez meses

Casa prisional ficará no bairro Barracão e terá capacidade para 420 detentos

As obras devem gerar cerca de 150 vagas de trabalho | Foto: José Paulo Marinho / Divulgação / CP

As obras devem gerar cerca de 150 vagas de trabalho | Foto: José Paulo Marinho / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Celso Sgorla

As obras do novo presídio de Bento Gonçalves, na Serra, tiveram início e envolvem, no momento, a terraplenagem do terreno. A casa prisional, que será construída no bairro Barracão, terá capacidade para 420 detentos e substituirá o atual estabelecimento, no centro da cidade.

A previsão é de que sejam contratados 150 trabalhadores ao longo da execução da obra. O secretário municipal de Segurança Pública, José Paulo Marinho, informa que o processo está sendo feito por intermédio da agência do Sine da cidade. As vagas abertas no momento são para armador de ferros, assistente administrativo, carpinteiro, eletricista, instalador hidráulico, pedreiro, tecnólogo em edificações e técnico em segurança do trabalho. Para se inscrever, é necessário se apresentar no Sine antes das 8h, na rua Marechal Floriano, 142, no centro da cidade.

O engenheiro Fernando Verdi, da empresa responsável pelas obras, explica que depois da terraplenagem pronta será feito o piso e haverá colocação dos módulos que formarão o prédio. O prazo previsto para a conclusão dos trabalhos de construção do presídio é de dez meses.