Correio do Povo | Notícias | Cooperativa fortalece venda de artesanato em Frederico Westphalen

Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 19 de Novembro de 2018

  • 18/05/2018
  • 11:06
  • Atualização: 11:20

Cooperativa fortalece venda de artesanato em Frederico Westphalen

Cuias e outras peças produzidas por 32 famílias são comercializadas às margens da BR 386

O material é vendido às margens da BR 386 | Foto: Agostinho Piovesan / Especial / CP

O material é vendido às margens da BR 386 | Foto: Agostinho Piovesan / Especial / CP

  • Comentários
  • Agostinho Piovesan

A produção de cuias e outras peças de artesanato, a partir dos porongos, se constitui em uma importante fonte de renda para 32 famílias vinculadas à Cooperativa Vale das Cuias, em Frederico Westphalen, no Norte do Estado. São pequenos agricultores que possuem propriedades localizadas próximas da BR 386 e instalaram tendas às margens da rodovia, onde vendem cuias, apetrechos para o chimarrão e outros tipos de artesanato, além de frutas.

Segundo a coordenadora da Unidade de Cooperativismo da Emater/RS-Ascar no município, Márcia Faccin, desde 2015 os artesãos são orientados no sentido de agregar valor à produção de porongos. “Inicialmente, foi formada uma associação e há agora esta atividade, a Cooperativa Vale das Cuias, que tem sede na Linha Brondani, no km 16, da BR 386.” Com participação da prefeitura, Emater e governo do Estado, por meio do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Pequenos Estabelecimentos Rurais, são tomadas medidas visando fortalecer o setor. “Em breve, o pavilhão construído no local deve receber melhorias e máquinas que serão utilizadas pelos produtores de cuias e artesanato”, afirmou Márcia.

A meta, conforme o município, é utilizar o espaço para comercializar, também, produtos da agricultura familiar, aproveitando o fluxo de pessoas que transitam com seus veículos na rodovia. “Precisamos aproveitar a visibilidade que garante a BR 386 e proporcionar formas de agregar cada vez mais renda aos artesãos e pequenos agricultores, e o Poder Público local está empenhado nisso”, afirmou o secretário municipal da Agricultura, Cleber Cerutti.

O presidente da Cooperativa Vale das Cuias, Ulisses Trevisol, disse que há 25 anos transforma porongos em cuias e outras peças. “A partir do pleno funcionamento do centro de comercialização, no pavilhão localizado na rodovia, a expectativa é que as vendas sejam ampliadas, garantindo mais renda a dezenas de família”, observa. Trevisol lembra que produtos também são comercializados em outras regiões do Rio Grande do Sul e outros estados.