Correio do Povo | Notícias | Contratada empresa que fará anteprojeto de ponte internacional

Porto Alegre

22ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 25 de Setembro de 2018

  • 23/05/2018
  • 09:59
  • Atualização: 10:04

Contratada empresa que fará anteprojeto de ponte internacional

A estrutura ligará os municípios de Porto Xavier, no RS, e San Javier, na Argentina

  • Comentários
  • Felipe Dorneles

A Comissão Pró-Ponte contratou empresa para desenvolver o anteprojeto de uma ponte internacional que ligará os municípios de Porto Xavier, na Fronteira Noroeste do Rio Grande do Sul, e San Javier, na província de Misiones, na Argentina. Uma empresa de Porto Alegre realizará o serviço, custeado pela Prefeitura de Porto Xavier, no valor de R$ 400 mil.

A Associação dos Municípios das Missões (AMM) corre contra o tempo para garantir a aplicabilidade de R$ 81 milhões, previstos no orçamento da União para a construção da ponte. A região tem até o final deste ano para empenhar o recurso, que foi garantido em votação na Câmara dos Deputados, em outubro do ano passado. Ovídio Kaiser, interlocutor da AMM e coordenador da Comissão Pró-Ponte, diz que uma mobilização no município permitiu que o Executivo aplicasse recursos próprios para contratar a empresa e agilizar os trâmites.

“Se o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) contratasse o anteprojeto, talvez não teríamos tempo para empenhar o recurso até o final do ano”, revela. A empresa tem até agosto para apresentar o documento, que será avaliado para o Dnit e, se aprovado, encaminhado para licitação de contratação da empresa que fará a construção da ponte.

Kaiser destaca que o Departamento acompanha o passo a passo do anteprojeto, que é elaborado de acordo com as normas técnicas do Dnit. “Isso nos dá uma segurança maior no que se refere à aprovação”. O projeto serve como base para a licitação da obra e apresentará dados como local de construção da ponte, altura, largura e comprimento da construção, acessos e quantidade de pilares. A empresa vencedora da licitação fará o projeto estrutural final e construção da ponte.

Na terça-feira (22), uma comitiva da região realizou visitas em Brasília, no Ministério dos Transportes e Dnit, para informar as autoridades sobre o andamento do projeto e garantir atenção do governo para que o recurso seja empenhado até o final do ano. Há 41 anos a região luta pela ponte internacional. 


TAGS » Obras, Argentina, Dnit, Ponte