Correio do Povo | Notícias | Funcionários da Santa Casa de Uruguaiana fazem paralisação de advertência

Porto Alegre

25ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

  • 20/07/2018
  • 13:31
  • Atualização: 13:35

Funcionários da Santa Casa de Uruguaiana fazem paralisação de advertência

Categoria cobra salários em atraso e decidirá sobre greve na segunda-feira

  • Comentários
  • Fred Marcovici

Funcionários da Santa Casa de Caridade de Uruguaiana realizam, desde quinta-feira, períodos de duas horas de paralisação por turno em razão do recorrente atraso dos salários. Para segunda-feira, está prevista uma assembleia geral para decidir se a categoria entrará em greve.

A administração do hospital informou que a instituição recebeu R$ 769, 2 mil, referente a 65% da produção do Sistema Único de Saúde. Com isso, foram pagos 65% dos vencimentos de junho, somando R$ 659.750,00, e o vale-refeição, representando R$ 148,7 mil, totalizando R$ 808 mil. Os dirigentes destacaram que a previsão de repasse para o hospital era de R$ 1.430.142,45, oriundos da União e do Estado. Assim, é aguardado o depósito de R$ 661 mil, para que a complementação da folha salarial de junho.

Conforme o Sindisaúde, que representa os funcionários, restam resíduos dos salários de março, abril e junho, além de férias relativas ao período aquisitivo junho e julho. Por isso, segundo a entidade, não restou alternativa aos trabalhadores a não ser a paralisação de advertência como forma de protesto.