Correio do Povo | Notícias | Inventário de Campo é a grande campeã da 38ª da Coxilha Nativista

Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 22 de Setembro de 2018

  • 29/07/2018
  • 16:45
  • Atualização: 20:38

Inventário de Campo é a grande campeã da 38ª da Coxilha Nativista

Festival terminou no sábado com a premiação dos vencedores

O festival terminou no sábado | Foto: Thais Quevedo / Divulgação / CP

O festival terminou no sábado | Foto: Thais Quevedo / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A 38ª edição da Coxilha Nativista terminou no sábado, em Cruz Alta, com a premiação dos vencedores. Artistas como Marcelinho Carvalho, Ângelo Franco, Ricardo Comasseto, Manuela Martins, Instrumental Picumã, Luiz Cardoso e Sinfonia Gaúcha, Leonel Gomez, Tangos, Yamandu Costa, Paquito e Joia, Luiz Carlos Borges e João de Almeida Neto animaram o público nos quatro dias de programação. A grande campeã deste ano foi a canção "Inventário de Campo", interpretada por Robson Garcia, com letra de Juliano Santos e Michel Plautz e melodia de Marcelo Araújo Nunes. A música também ganhou melhor letra e melodia. O segundo lugar ficou com "Continuidade", que teve interpretação do Quarteto Coração de Potro (premiado como melhor conjunto vocal do festival), letra de Rafael Machado e melodia de Kiko Goulart e, em terceiro, "Nobre cavaleiro andante", interpretada por Pirisca Grecco, com letra e melodia de Carlos Eduardo Nunes.

Na Fase Local, as vencedoras foram "Meu coração em teu peito", que teve Juliano Moreno como intérprete, letra de Marçal Furian e melodia de Diego Guterres, "Rancheira de Domador" (também premiada como a mais popular), interpretada por Raineri Spohr com letra e melodia de Felipe Correa, e "O Legado dos Galpões" ficou em terceiro lugar, com interpretação de Cristiano Fantinel e Daniel Cavalheiro, letra de Luiz Onério Pereira e melodia de Fernando Soares. O prêmio de melhor indumentária ficou com Pirisca Greco, melhor arranjo foi para Rosa de Pedra, João Paulo Deckert foi considerado o melhor instrumentista e o melhor intérprete foi Marcelo Oliveira.

A programação do final de semana incluiu o 28° Rodeio da Coxilha, concurso de trovas e outras atrações culturais. O festival teve início na última quarta-feira, no Ginásio Municipal, com as apresentações dos concorrentes na fase local. As exibições dos competidores e as eliminatórias seguiram na quinta e na sexta, além dos shows com convidados.