Correio do Povo | Notícias | Cruz Vermelha de Santa Maria não tem sede própria

Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

  • 03/08/2018
  • 10:36
  • Atualização: 16:43

Cruz Vermelha de Santa Maria não tem sede própria

Entidade funciona no município desde 2003 e concentra operações em uma casa cedida

A manutenção dos veículos é uma das dificuldades | Foto: Renato Oliveira / Especial / CP

A manutenção dos veículos é uma das dificuldades | Foto: Renato Oliveira / Especial / CP

  • Comentários
  • Renato Oliveira

A Cruz Vermelha Filial de Santa Maria, que funciona desde outubro de 2003 e atende municípios da região Central do Estado, não tem sede. Segundo o diretor do Departamento de Socorro e Desastres da entidade, Ronimar Costa dos Santos, as dificuldades são grandes. "Mantivemos contato com as últimas três administrações do município na busca de apoio para uma sede, mas não tivemos êxito", afirmou o diretor. Uma das dificuldades é a manutenção dos três veículos.

A organização funciona provisoriamente na rua Duque de Caxias, local cedido pela mãe do diretor, e os veículos ficam em uma garagem, com aluguel pago por meio de doações. Atualmente, a Cruz Vermelha Filial de Santa Maria conta com 70 voluntários, sendo a maioria da área da saúde. A diretoria é formada por seis pessoas, além de um conselho diretor, composto por 12 pessoas.

A entidade sobrevive com a promoção de cursos de primeiros-socorros que realiza nas cidades da região e do recebimento de doações. Na área educacional, promove dois projetos: socorrista mirim em escolas e o João de Barro, que consiste na ajuda de famílias carentes com a distribuição de caixas de leite (tem alta durabilidade) que são usadas para vedar frestas das casas de madeira. Interessados em colaborar podem fazer contato pelos telefones (55) 99181-0916 ou (55) 3027-4510.