Correio do Povo | Notícias | TCE anula licitação de estacionamento rotativo em Sapucaia do Sul

Porto Alegre

22ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 19 de Novembro de 2018

  • 03/08/2018
  • 11:48
  • Atualização: 12:14

TCE anula licitação de estacionamento rotativo em Sapucaia do Sul

Prefeitura planeja novo edital para a implantação do sistema no município

A implantação do sistema é debatida desde o ano passado | Foto: Fernanda Bassôa / Especial / CP

A implantação do sistema é debatida desde o ano passado | Foto: Fernanda Bassôa / Especial / CP

  • Comentários
  • Fernanda Bassôa

O processo de licitação para implantação do estacionamento rotativo em Sapucaia do Sul, que teve edital de concorrência pública lançado em 21 de junho, foi suspenso e anulado em decorrência de inadequações identificadas no processo. De acordo com o governo municipal, uma empresa com interesse no certame ingressou com pedido de liminar junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) para que houvesse a suspensão e readequação de itens do projeto. A administração acatou a determinação emitida pelo TCE e informou que deve lançar um segundo edital, mas ainda sem data definida. O TCE, por meio de sua assessoria, confirmou a situação e informou que o processo corre em sigilo.

A implantação do Estacionamento Rotativoa chamada Área Azul, é discutida desde 2017. Agora, a prefeitura planeja a elaboração de um novo edital para contratação de empresa que ficará responsável pela concessão dos serviços, implantação e operacionalização do sistema de parquímetros na área central da cidade. A previsão, inicialmente, é de que o rotativo seja implantado em 17 vias, entre elas as avenidas Sapucaia e João Pereira de Vargas, ruas Nossa Senhora da Conceição, Professor Francisco Brochado da Rocha, Manuel Serafim, Nossa Senhora das Graças e vias do entorno. Ao todo, serão 1.067 vagas em funcionamento de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, e nos sábados das 9h às 13h. O valor cobrado por hora ficou estipulado em R$ 2,00 e o tempo máximo de permanência do veículo de duas horas, com tolerância de 10 minutos.