Correio do Povo | Notícias | Médicos da Santa Casa de Uruguaiana anunciam paralisação de advertência

Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

  • 09/08/2018
  • 09:59
  • Atualização: 10:27

Médicos da Santa Casa de Uruguaiana anunciam paralisação de advertência

Na próxima segunda-feira, os atendimentos eletivos serão suspensos por 24 horas

A Santa Casa acumula dívidas | Foto: Rone Fontela / Divulgação / CP

A Santa Casa acumula dívidas | Foto: Rone Fontela / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Fred Marcovici

Os médicos que atuam na Santa Casa de Caridade de Uruguaiana anunciaram na manhã desta quinta-feira que farão uma paralisação de advertências de 24 horas a partir das 8h da próxima segunda-feira, dia 13 de agosto. A decisão foi tomada em assembleia na noite de ontem. Os atendimentos eletivos serão suspensos, mas os setores de urgência e emergência estarão funcionando normalmente.

A mobilização, com o apoio do Simers, visa alertar a população do município e região sobre a grave crise financeira que atinge a instituição de referência. Há falta de insumos para o exercício da Medicina, escassez de profissionais e as remunerações não estão sendo pagas há mais de seis meses. Neste ano, segundo a administração, somente 50% do salário de maio foi depositado. Os médicos reforçaram que a situação é insustentável.

O administrador da Santa Casa, Fernando Siqueira, disse aos médicos que uma das soluções para ajudar a sanar as dívidas é um empréstimo que deverá ser obtido na Caixa Econômica Federal ainda em agosto. No entanto, os recursos somente chegariam à Santa Casa no último trimestre do ano. Ele também informou que a negociação permitiria o pagamento apenas de parte da dívida com os médicos. “Não conseguiremos pagar todas as dívidas em apenas uma única operação”, afirmou.