Correio do Povo | Notícias | Vereadores de Canoas prorrogam votação da PPP do Saneamento

Porto Alegre

24ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

  • 29/08/2018
  • 13:49
  • Atualização: 14:04

Vereadores de Canoas prorrogam votação da PPP do Saneamento

A decisão será tomada após as eleições, permitindo maior período para análise do projeto

  • Comentários
  • Fernanda Bassôa

A votação do projeto de lei 23/2018, que autoriza Canoas a fazer convênio de cooperação com o Estado e celebrar contrato de com a Corsan para formalização de parceria público-privada (PPP) na área do saneamento, acontecerá somente após as eleições presidenciais. O presidente da Câmara de Vereadores de Canoas, Alexandre Gonçalves, explica que a prorrogação, além de atender sugestão do governo municipal, visa possibilitar maior período para estudar a matéria. “O projeto de lei já foi avaliado pelas comissões permanentes, mas ainda há uma série de dúvidas com relação ao novo modelo de gestão e detalhes técnicos. Então, este período vai possibilitar mais tempo para que cada vereador tenha seu entendimento, ao mesmo tempo, propondo uma discussão mais ampla com a sociedade.”

O presidente do Sindiáguas, Arilson Wunsch, comemora a medida e vê como uma manobra de recuo do Legislativo frente à adesão ao programa da Corsan. “Este tempo nos dá um fôlego. Nestes 45 dias estaremos construindo alternativas com vereadores e com a comunidade. Não somos contra a obra de saneamento na cidade, somos contra a PPP. Contra a entrega da operação do saneamento para o ente privado." Wunsch entende a ação como danosa, tanto para a comunidade como para o meio ambiente e a qualidade dos serviços. O projeto também prevê alteração nas regras do Fundo Municipal de Gestão Compartilhada.

Por meio de sua assessoria, a Corsan informou que Canoas é o único entre os municípios que integram a proposta que ainda não aderiu à PPP, mas ponderou que há uma expectativa positiva em relação à aprovação pelos vereadores, vencido o prazo fixado pelos mesmos. Além disso, a companhia esclarece que a licitação está pronta para ser lançada.