Correio do Povo | Notícias | Nova rotatória promete mais segurança na travessia da RSC 453

Porto Alegre

34ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 13 de Novembro de 2018

  • 12/09/2018
  • 10:01
  • Atualização: 10:18

Nova rotatória promete mais segurança na travessia da RSC 453

Orçado em R$ 3,3 milhões, projeto prevê a construção de rótula fechada em Caxias do Sul

Os trabalhos seguem até abril de 2019 | Foto: Adriano Chaves / Divulgação / CP

Os trabalhos seguem até abril de 2019 | Foto: Adriano Chaves / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Celso Sgorla

Um dos pontos mais perigosos no trânsito de Caxias do Sul, o trevo de acesso aos bairros da zona norte da cidade, na RSC 453 (Rota do Sol), já está com obras em andamento e, quando concluída, dará mais segurança na travessia de veículos e pedestres. Área de constantes acidentes, o problema deverá ser resolvido a partir da reformulação da rotatória de acesso ao bairro Santa Fé, entre os km 141 e 142 da RSC 453. A rodovia é de responsabilidade do Estado, mas a prefeitura obteve autorização do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem para a intervenção. Orçado em R$ 3,3 milhões, o projeto prevê a construção de uma rótula fechada.

Conforme o presidente da Associação de Moradores do Bairro Santa Fé, Joevil da Silva, a obra, apesar de ser paliativa, vai dar mais segurança a todos. O líder comunitário entende que para resolver de forma definitiva a questão seria necessária a construção de um viaduto. “Em horários de pico, os motoristas que estão andando pela RSC 453 usam do bom senso e param seus veículos sobre a rodovia para dar chance aos que precisam entrar no bairro”, destaca. Segundo ele, a zona norte de Caxias conta com cerca de 70 mil moradores e a situação se agravou na região após a abertura da Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

O secretário municipal de Trânsito, Cristiano de Abreu Soares, acredita que a execução do projeto vai resolver o problema de forma definitiva. Conforme dados da secretaria, desde 2011, cerca de 250 acidentes ocorreram no trecho. A obra deve ser concluída e até abril de 2019.