Correio do Povo | Notícias | Anfavea assina acordo que prevê juro mais baixo na compra de veículos

Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

  • 11/06/2015
  • 12:42
  • Atualização: 13:03

Anfavea assina acordo que prevê juro mais baixo na compra de veículos

Medida também prevê maior carência para início de pagamento dos financiamentos

Anfavea assina acordo que prevê juro mais baixo na compra de veículos | Foto: José Ernesto / CP Memória

Anfavea assina acordo que prevê juro mais baixo na compra de veículos | Foto: José Ernesto / CP Memória

  • Comentários
  • AE

Em mais uma ação para tentar aquecer as vendas de veículos, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) e a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) assinaram, nesta quinta-feira, acordo de cooperação com a Caixa Econômica Federal e com o Banco PAN para oferecimento de crédito com taxas de juros mais baixas do que a média do mercado para compra de veículos no período próximo ao 8º Salão

Auto Caixa. O acordo também prevê maior carência para início de pagamento dos financiamentos e criação da linha Credifrota, com taxas de juros diferenciadas para renovação de frotas de empresas.

Os dois bancos vão oferecer taxas de juros a partir de 1,09% ao mês, para veículos novos, e de 1,42% para usados, com a possibilidade de a primeira parcela ser paga em até 120 dias em ambos os casos. O Salão Auto Caixa acontece de 18 a 20 de junho, mas o vice-presidente de negócios emergentes da Caixa, Fábio Lenza, ressaltou que essas condições de financiamento já vão valer a partir desta segunda-feira e vão até o dia 3 de julho. Durante esse período, a expectativa das entidades é de ter um volume de negócio em torno de R$ 1 bilhão, mesmo valor alcançado no evento do ano passado. "O foco do Salão são veículos novos", afirmou Lenza, lembrando que o evento é realizado duas vezes por ano.

O presidente da Anfavea, Luiz Moan, destacou que a meta de R$ 1 bilhão em negócios, se alcançada, equivalerá a cerca de 33 mil carros novos vendidos, 15% do volume de veículos vendido no mês de maio deste ano. O executivo avaliou que o acordo assinado nesta quinta-feira é um dos motivos que levam a entidade a prever uma melhora das vendas de veículos novos a partir de junho. Já o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção, avaliou que o acordo é "extremamente oportuno" no momento de dificuldades para o setor, com crédito mais caro e menos acessível, por conta de restrição creditícia, juros altos e inflação.

Essa é a segunda vez em menos de um ano que entidades do setor automotivo firmam acordos com os bancos na tentativa de aumentar os emplacamentos, que acumulam queda de 20,9% nos cinco primeiros meses de 2015. Em outubro passado, a Fenabrave também firmou acordo com a Caixa e Banco Pan para oferecer juros mais baixos para compra de veículos em novembro e dezembro.

Além disso, em abril, Anfavea e Fenabrave lançaram o "Festival do Consorciado Contemplado", em parceria com a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac), para incentivar consorciados já contemplados a utilizarem as cartas de crédito.