Correio do Povo | Notícias | Preço do etanol no RS é o mais caro entre os 26 estados, aponta ANP

Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

  • 15/07/2016
  • 16:46
  • Atualização: 17:09

Preço do etanol no RS é o mais caro entre os 26 estados, aponta ANP

Valor registrado foi de R$ 3,999 o litro

No Rio Grande do Sul valor registrado foi de R$ 3,999 o litro, maior valor no País | Foto: André Avila / CP Memória

No Rio Grande do Sul valor registrado foi de R$ 3,999 o litro, maior valor no País | Foto: André Avila / CP Memória

  • Comentários
  • AE

Os preços do etanol hidratado nos postos brasileiros caíram em 16 Estados e subiram em outros nove e no Distrito Federal nesta semana. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), que não informou a referência para o Amapá. No período de um mês, os preços caíram em 18 Estados e subiram em outros sete e no Distrito Federal - também desconsiderando-se o Amapá.

Em São Paulo, principal estado produtor e consumidor, a cotação caiu 1,34% na semana, para R$ 2,217 o litro. No período de um mês, acumula desvalorização de 1,99%. Na semana, a maior alta ocorreu na Bahia (4,60%) e o maior recuo no Amazonas (1,86%). No mês, o etanol também subiu mais na Bahia (2,98%) e recuou mais no Amazonas (4,08%).

No Brasil, o preço mínimo registrado para o etanol foi de R$ 1,79 o litro, em São Paulo, e o máximo foi de R$ 3,999 o litro, no Rio Grande do Sul. Na média, o menor preço foi de R$ 2,217 o litro, em São Paulo. O maior foi registrado em Roraima, a R$ 3,67 por litro.

Etanol x gasolina

De acordo com os dados da ANP, compilados pelo AE-Taxas, o etanol passou a ser competitivo ante a gasolina no Paraná nesta semana. O Estado se soma a Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais e São Paulo, onde o biocombustível já era mais vantajoso. No restante do País, o derivado de petróleo continua mais vantajoso.

Segundo o levantamento, o preço do etanol em Goiás equivale a 69,70% do da gasolina. Em Mato Grosso, a relação está em 66,97%; em Minas Gerais, em 68,94%; no Paraná, em 69,93%; e em São Paulo, 64,60%. O biocombustível tem a menor vantagem em Roraima, onde o preço equivale a 94,56% do valor da gasolina na bomba - a relação é favorável ao etanol quando está abaixo de 70%.

Em São Paulo, a gasolina tem cotação média de R$ 3,432 o litro, enquanto o etanol hidratado, de R$ 2,217 o litro.