Correio do Povo | Notícias | JBS aprova orçamento de 2018 e resultados do 1º e 2º tri

Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 17 de Novembro de 2018

  • 26/12/2017
  • 09:46
  • Atualização: 09:49

JBS aprova orçamento de 2018 e resultados do 1º e 2º tri

Colegiado também deu aval para calendário de reuniões e autorizou a alienação de ações

Colegiado também deu aval para calendário de reuniões e autorizou a alienação de ações | Foto: Evaristo Sá / AFP / CP Memória

Colegiado também deu aval para calendário de reuniões e autorizou a alienação de ações | Foto: Evaristo Sá / AFP / CP Memória

  • Comentários
  • AE

O Conselho de Administração da JBS aprovou o orçamento da empresa para 2018, segundo ata de reunião divulgada nesta terça-feira. Além disso, o colegiado deu aval para o calendário de reuniões de 2018 e autorizou a alienação de ações mantidas em tesouraria pela companhia, no montante de 3.018.203 papéis ordinários, aos beneficiários do Plano de Opção.

Na mesma reunião, foram aprovados os Informes de Resultados do 2º e 3º trimestres. O presidente do conselho da JBS, Jeremiah Alphonsus OCallaghan, informou aos demais conselheiros que a BDO RCS Auditores Independentes decidiu emitir os relatórios de revisão relativos às informações do segundo e terceiro trimestre registrando sua abstenção de opinião.

Na sexta-feira a JBS informou em fato relevante que disponibilizou os balanços do segundo e terceiro trimestres de 2017 acompanhados do relatório de revisão emitido pela BDO RCS Auditores Independentes, com abstenção de conclusão sobre as informações contábeis intermediárias individuais e consolidadas. O lucro e o Ebitda dos balanços foram mantidos.

Na ata, o presidente do conselho leu os fundamentos apresentados pela BDO para a referida abstenção de opinião, destacando que o auditor independente não indicou qualquer incongruência nos números da companhia nem a omissão de informações solicitadas, mas apenas ressaltou que as investigações internas relativas ao Acordo de Leniência ainda em curso poderiam, eventualmente, trazer impactos para a contabilidade da empresa.

A JBS reiterou também, no fato relevante da última sexta-feira, que suas subsidiárias no exterior (JBS USA, incluindo Canadá e Austrália, PPC e Moy Park) obtiveram relatório de revisão sem ressalvas emitidos por seus respectivos auditores independentes. A receita líquida dessas subsidiárias, em conjunto, representa aproximadamente 75% da receita líquida consolidada da companhia.


TAGS » Economia, Orçamento, JBS