Correio do Povo | Notícias | GM anuncia nesta quinta sua terceira expansão no RS

Porto Alegre

14ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

  • 03/08/2017
  • 07:59
  • Atualização: 08:33

GM anuncia nesta quinta sua terceira expansão no RS

Etapa será acompanhada por nova linha de produção, agora direcionada ao mercado internacional

Unidade da GM já foi responsável pela fabricação de 3 milhões de veículos | Foto: Mauro Schaefer

Unidade da GM já foi responsável pela fabricação de 3 milhões de veículos | Foto: Mauro Schaefer

  • Comentários
  • Correio do Povo

Denominado inicialmente de “Arara Azul”, o projeto da empresa General Motors (GM), iniciado há duas décadas, dará mais um importante passo no Rio Grande do Sul. Essa será a terceira ampliação da montadora na unidade de Gravataí. E também deverá ser acompanhada pela apresentação da nova linha de produção, que deverá ser comercializada mundialmente.

A primeira ampliação da planta em Gravataí ocorreu em outubro de 2006, quando houve lançamento do modelo Chevrolet Prisma. Na época, a fábrica havia atingido a capacidade de 230 mil automóveis por ano. Quase quatro anos depois, em junho de 2010, começava a segunda expansão, desta vez junto ao projeto Onix, o que permitiu dois anos após o lançamento do Chevrolet Onix. Com esta ampliação, a capacidade de produção subiu para 350 mil veículos/ano.

Conhecida por sua característica inovadora e estar em um complexo formado pelos seus principais fornecedores, a unidade da GM já foi responsável pela produção de mais de 3 milhões de veículos. Atualmente, são produzidos os modelos do Chevrolet Prisma e o Chevrolet Onix, que representam, segundo a GM, quase 10% do total de emplacamentos no setor no Brasil.

Capa do Correio do Povo na época da inauguração | Foto: Guilherme Testa

O complexo reúne 19 empresas, principalmente de sistemistas, que são as fornecedoras de peças. A sua instalação foi a responsável por uma mudança significativa no perfil econômico da região, especialmente na ampliação da receita do município. Em relação ao empreendimento a ser inaugurado, o retorno em tributos para a cidade deverá ocorrer a partir de 2021, cerca de um ano após a unidade começar a operar. “Mesmo assim, desde já gera animação para a região, com reflexos na área imobiliária e expansão urbana. Todos se aproximam para onde os negócios dão uma sinalização positiva”, explica o prefeito de Gravataí, Marco Alba.

A ampliação na produção e na fábrica não beneficiaria somente Gravataí, mas outros pontos do Estado. Um exemplo é o polo metal-mecânico na região da Serra, que abrange centenas de fornecedores dentro da cadeia produtiva do polo automotivo. Segundo o vice-presidente da Abimaq-RS, Ernani Cauduro, o anúncio traz impacto importante, especialmente no momento em que o país vive recessão prolongada. “Vem em ótima hora. É uma grande oportunidade para o setor de máquinas e equipamentos”, destacou.

Mercosul

A Chevrolet é uma das maiores marcas de veículos do mundo, tendo atuação em mais de 100 países e vendas anuais que superam 4 milhões de unidades. Com a unificação das operações de Argentina e Brasil, neste ano, a GM Mercosul conta com quatro complexos industriais, sendo três em solo brasileiro (São Caetano do Sul, São José dos Campos e Gravataí) e um argentino (cidade de Rosário. Além disso, há outras unidades de produção de componentes e motores.