Correio do Povo | Notícias | IPC-S desacelera a 0,17% em fevereiro após alta de 0,69% em janeiro

Porto Alegre

32ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 16 de Dezembro de 2018

  • 01/03/2018
  • 08:33
  • Atualização: 08:46

IPC-S desacelera a 0,17% em fevereiro após alta de 0,69% em janeiro

Variação do Índice do segundo mês do ano ficou dentro do intervalo das expectativas

IPC-S desacelera a 0,17% em fevereiro após alta de 0,69% em janeiro | Foto: André Avila / CP Memória

IPC-S desacelera a 0,17% em fevereiro após alta de 0,69% em janeiro | Foto: André Avila / CP Memória

  • Comentários
  • AE

O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) desacelerou o ritmo de alta de 0,69% em janeiro para 0,17% em fevereiro, conforme divulgou na manhã desta quinta-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV). Com o resultado, o indicador acumula alta de 0,85% no ano e de 3,07% em 12 meses. Essa marca de 3,07% é inferior à de 3,22% acumulada em 12 meses finalizados em janeiro.

A variação do IPC-S do segundo mês do ano ficou dentro do intervalo das expectativas da pesquisa do Projeções Broadcast (de 0,05% a 0,30%), mas inferior à mediana de 0,20%. O IPC-S da última quadrissemana de fevereiro também arrefeceu em relação à terceira leitura, quando atingiu 0,26%. Nesta medição, seis dos oito conjuntos de preços apresentaram decréscimo em suas taxas da terceira para a quarta quadrissemana do mês, sendo que Educação, Leitura e Recreação foi destaque (de alta de 0,73% para recuo de 0,05%).

Os demais grupos que ajudaram a conter o IPC-S foram os seguintes: Alimentação (-0,07% para -0,29%), Transportes (de alta de 1,31% para alta de 1,11%), Saúde e Cuidados Pessoais (de alta de 0,50% para alta de 0,40%), Comunicação (-0,05% para -0,21%) e Despesas Diversas (de alta de 0,24% para alta de 0,20%). Já Habitação, que saiu de recuo de 0,12% na terceira leitura para elevação de 0,19%, e Vestuário, que passou de queda de 0,77% para declínio de 0,76% na quarta quadrissemana, tiveram acréscimo em suas taxas, conforme a FGV.