Correio do Povo | Notícias | Porto Alegre tem 3ª menor variação do IPCA em fevereiro, diz IBGE

Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 23 de Junho de 2018

  • 09/03/2018
  • 09:30
  • Atualização: 09:52

Porto Alegre tem 3ª menor variação do IPCA em fevereiro, diz IBGE

Capital gaúcha foi superada por Fortaleza e Goiânia

  • Comentários
  • Correio do Povo

Os dados sobre inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA), foram divulgados nesta sexta-feira e, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nos índices regionais, Porto Alegre foi a capital com terceira menor variação, de 0,08%, no mês de fevereiro. A capital gaúcha perdeu apenas para Fortaleza (0,00%) e Goiânia (0,07%). 

Porto Alegre ainda registrou variação acumulada do ano (0,76%) e variação acumulada de 12 meses (2,86%) acima da média nacional, que teve índices de 0,61% e 2,84%, respectivamente. 

Em âmbito nacional, o índice ficou em 0,32% em fevereiro, acima da taxa de 0,29% de janeiro deste ano, mas abaixo do 0,33% de fevereiro de 2017. Esse foi o IPCA mais baixo para os meses de fevereiro desde o ano 2000 (que havia registrado taxa de 0,13%). 

Influência da educação 

Em fevereiro, o grupo Educação, com alta de 3,89% e impacto de 0,19 pontos percentuais (p.p.), dominou o IPCA e foi responsável por 59% dele. Em contrapartida, o grupo Alimentação e Bebidas apresentou queda de 0,33%, contribuindo para conter o índice, com seu impacto de -0,08 p.p.

Porto Alegre teve também a terceira menor variação no grupo educação, com índice de 3,29%, perdendo apenas para Belo Horizonte (3,20%) e Brasília (3,13%).  

A alta na Educação reflete os reajustes habitualmente praticados no início do ano letivo, em especial os aumentos nas mensalidades dos cursos regulares, cujos valores subiram 5,23%, gerando o mais elevado impacto individual sobre o índice do mês (0,16 p.p.).

INPC

Já o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) apresentou variação de 0,18% em fevereiro e ficou 0,05 p.p. abaixo da taxa de 0,23% de janeiro. Este foi o INPC mais baixo para os meses de fevereiro desde 2000, quando se situou em 0,05%.

O acumulado dos últimos 12 meses desceu para 1,81%, ficando abaixo dos 1,87% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Este acumulado foi o menor para o período desde a implantação do Plano Real. Em fevereiro de 2017, o INPC registrou 0,24%.

O INPC é calculado pelo IBGE desde 1979, se refere às famílias com rendimento monetário de um a cinco salários mínimos, sendo o chefe assalariado, e abrange dez regiões metropolitanas do país, além dos municípios de Goiânia, Campo Grande e de Brasília.