Correio do Povo | Notícias | Porto Alegre tem deflação de 0,10% em agosto

Porto Alegre

29ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 22 de Setembro de 2018

  • 06/09/2018
  • 10:33
  • Atualização: 10:44

Porto Alegre tem deflação de 0,10% em agosto

Queda no IPCA foi influenciada pelo valor da energia elétrica

Valor da energia elétrica reduziu 0,28% no período | Foto: Fernando C. Vieira / Grupo CEEE / Divulgação / CP

Valor da energia elétrica reduziu 0,28% no período | Foto: Fernando C. Vieira / Grupo CEEE / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Em agosto, Porto Alegre registrou queda de 0,10% nos preços dos principais produtos e serviços. Com isso, a Capital teve a nona menor inflação no mês em comparação com as demais cidades. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A redução do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em Porto Alegre foi influenciada pela queda do valor da energia elétrica (-0,28%). Em contrapartida, houve aumento de 0,11% na taxa de água e agosto. No ano, o IPCA de Porto Alegre variou 3,45% e, nos últimos 12 meses, 4,70.

A inflação de Porto Alegre ficou menor que a média nacional. O IPCA de agosto do Brasil variou - 0,09%, abaixo do resultado de julho (0,33%).

Outras capitais

Goiânia teve a maior inflação em agosto com 0,30%, devido à alta de 4,24% na energia elétrica, além da variação de 2,13% nos remédios. Em segundo lugar, ficou Rio Branco (0,26%), seguido por São Paulo (0,12%) e Aracaju (0,03%).

As demais capitais registraram deflação. O menor índice foi em Brasília (-0,72%), devido à influência da queda de 24,79% no valor das passagens aéreas. Depois, São Luís (-0,51%), Rio de Janeiro (-0,38), Fortaleza (-0,28%), Salvador (-0,27%), Curitiba (-0,20%). Campo Grande (-0,18), Belém (-0,12%), Porto Alegre (-0,10%), Recife (-0,09%), Vitória (-0,04%) e Belo Horizonte (-0,01%).