Correio do Povo | Notícias | Fortunati garante continuidade do BikePoa em 2016

Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

  • 25/12/2015
  • 18:33
  • Atualização: 18:39

Fortunati garante continuidade do BikePoa em 2016

Atualmente funcionando de forma provisória, serviço terá nova tentativa de licitação

Serviço de aluguel de bicicletas terá continuidade | Foto: Joel Vargas / PMPA / CP

Serviço de aluguel de bicicletas terá continuidade | Foto: Joel Vargas / PMPA / CP

  • Comentários
  • Cristiano Munari

Após ter tido a licitação deserta, o BikePoa opera atualmente em Porto Alegre por conta de uma prorrogação de 180 dias feita pela prefeitura, o que garante o serviço até abril de 2016. Apesar de a nova concorrência público ainda não ter sido lançada, o prefeito José Fortunati assegura a continuação do BikePoa. Em entrevista ao Correio do Povo, ele revelou que pelo menos o Itaú, atual patrocinador do programa, irá apresentar proposta no novo edital, que será publicado na segunda quinzena de janeiro.

“O grande parceiro do BikePoa é o banco Itaú, que vinha financiando 10 cidades no Brasil com esse projeto e cortou em cinco. Uma delas foi Porto Alegre. Nós buscamos o Itaú, rediscutimos com o banco. Vamos agora fazer uma nova licitação e o banco Itaú nos garantiu que ele, não sei se o único, mas vai se apresentar na licitação para ser novamente nosso parceiro”, afirmou. “Posso garantir que o BikePoa vai continuar.”

Mas nem tudo são boas novas. Apesar de confirmar a continuidade do sistema de aluguel de bikes, Fortunati adiantou que não haverá a ampliação do número de estações de retirada de bicicletas – das atuais 40 para 50 previstas no edital anterior. Em janeiro, o plano da prefeitura era de triplicar a estrutura até 2018.

A prefeitura, agora, vai procurar garantir a manutenção do atual número de bicicletas no sistema. “A licitação (anterior) deu deserta pela crise econômica que o país atravessa. Não será possível aumentar em função da crise. O Itaú quer manter o atual número. Buscamos outros parceiros, mas, como está todo mundo puxando o freio de mão em razão da grande crise econômica, nós mantermos o mesmo número nesse momento já será uma grande vitória”, completou o prefeito.

O sistema de aluguel de bicicletas BikePoa começou a operar em Porto Alegre em 2013. Com o uso das bicicletas, desde então, 265,81 toneladas de dióxido de carbono deixaram de serem emitidas na atmosfera, conforme informa o site do serviço. Desde então o preço se mantém em R$ 10 por mês ou R$ 5 por dia.

Menos de 1 quilômetro de novas ciclovias por mês em 2015

Em 2015, o ritmo de construção de ciclovias ou ciclofaixas em Porto Alegre desacelerou. Conforme a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), foram concluídos 11,3 quilômetros de ciclovias em 2015, menos de um quilômetro por mês. A EPTC encerra o ano com obras em três ciclovias, totalizando menos de três quilômetros ao todo: Av. Silva Só/Mariante – 1,1 quilômetro, entre Ipiranga e Vasco da Gama; Joaquim Silveira – 1,3 quilômetro, entre Assis Brasil e Sertório; e Gomes de Freitas – 450 metros.

Aprovado em 2009, o Plano Diretor Cicloviário Integrado prevê 495 quilômetros de ciclovias ou ciclofaixas em Porto Alegre.