Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

  • 15/12/2016
  • 17:26
  • Atualização: 17:35

População em situação de rua cresce 57% em Porto Alegre, aponta estudo

Foram cadastrados 1.347 moradores de rua até 2011

População em situação de rua cresce 57% em Porto Alegre, aponta estudo | Foto: Alexandre Mendez / Especial / CP Memória

População em situação de rua cresce 57% em Porto Alegre, aponta estudo | Foto: Alexandre Mendez / Especial / CP Memória

  • Comentários
  • Vitória Famer / Rádio Guaíba

A população em situação de rua em Porto Alegre aumentou 57% em cinco anos. É o que mostra o relatório Censo e Estudo do “Mundo” da População Adulta em Porto Alegre, contratado através de edital pela Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc) e divulgado nesta quinta-feira. Elaborou o estudo o Instituto de Filosofia e Ciências Humanas do Departamento de Sociologia e de Antropologia Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs).

O objetivo era compreender as características socioculturais, os modos de inserção urbana e as relações com as políticas públicas das pessoas em “situação de rua” em Porto Alegre, a partir de uma pesquisa quantitativa. Conforme os dados disponibilizados pelo presidente da Fasc, Marcelo Soares, foram cadastrados 1.347 moradores de rua até 2011. O contingente, em 2016, aumentou para 2.115. Desse total, 1.758 aceitaram responder ao questionário aplicado.

Conforme Soares, são variados os motivos que levaram essa população a transformar a rua em casa. Porém, problemas psicológicos e o uso de drogas permanecem como principais causas do abandono de um lar.