Porto Alegre

19ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

  • 12/10/2017
  • 22:29
  • Atualização: 22:42

Defesa Civil de São Sebastião do Caí remove 14 famílias de áreas próximas do rio

Cheia já elevou nível das águas acima dos 10 metros, ameaçando residências

Cheia já elevou nível das águas acima dos 10 metros, ameaçando residências | Foto: São Sebastião do Caí / Divulgação CP

Cheia já elevou nível das águas acima dos 10 metros, ameaçando residências | Foto: São Sebastião do Caí / Divulgação CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A Defesa Civil de São Sebastião do Caí removeu 14 famílias que residem em localidades próximas do rio Caí, que está oito metros acima do nível normal. No final da noite desta quinta-feira, o nível já ultrapassava os 10 metros. Segundo o coordenador da Defesa Civil do município, Pedro Griebler, as famílias seriam atingidas até os 12 metros.

“Optamos por iniciair as remoções para o ginásio do bairro Rio Branco, onde o rio não atinge”, contou. As retiradas ocorreram a partir das 18h. “É uma questão de segurança”, justificou. Ao todo, 42 pessoas foram para o ginásio.

Além do monitoramento do rio Caí, a Defesa Civil também acompanha a situação da chuva na Serra, onde está a nascente do rio. “(O nível) chegou a crescer 50 centímetros a cada hora”, disse o coordenador. Em 2011, o rio chegou a quase 15 metros.

Em Caraá, a Defesa Civil chegou a comunicar um "alarme" para inundação, que poderia atingir a região central do município. O arroio Caraá teve cheia de 2,68 metros, o que gerou a atenção máxima. Durante a noite, contudo, as condições meteorológicas melhoraram e a situação foi reduzida para "alerta".