Correio do Povo | Notícias | Definida empresa que realizará serviços na rede pluvial de Porto Alegre

Porto Alegre

22ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

  • 01/12/2017
  • 13:04
  • Atualização: 14:57

Definida empresa que realizará serviços na rede pluvial de Porto Alegre

Expectativa é de que manutenção seja retomada na segunda quinzena de dezembro

Manutenção de bocas de lobo deve ser retomada na segunda quinzena de dezembro | Foto: Antônio Sobral / CP Memória

Manutenção de bocas de lobo deve ser retomada na segunda quinzena de dezembro | Foto: Antônio Sobral / CP Memória

  • Comentários
  • Raphaela Suzin

O resultado do pregão eletrônico para definir a empresa que realizará manutenção da rede pluvial de Porto Alegre foi divulgado nessa quintara. A F.F. Maraskin Projetos, Construções e Incorporações é a nova responsável pelo serviço. Com investimento de R$ 6.837.719,60, a expectativa é de que a empresa comece a atuar na segunda quinzena de dezembro.

A escolha da prestadora de serviços ocorre 22 dias após a MG Terceirização romper o contrato com a prefeitura de Porto Alegre. Segundo a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb), neste período, moradores registraram 1.300 protocolos de problemas relacionados a rede pluvial. Contudo, a secretaria explica que os registros não representam, necessariamente, o número de serviços a serem feitos, pois diferentes moradores relatam a mesma situação. 

Os problemas mais urgentes - como em frente a escolas e hospitais ou casos que representem perigo à população - foram solucionados pelas cinco equipes da Divisão de Manutenção de Águas Pluviais (Dmap), antigo DEP. O contrato com a MG previa 30 equipes para realizar o serviço.

A MG Terceirização pediu a rescisão do contrato emergencial em 9 de novembro, devido ao descontentamento com algumas cláusulas e a não concordância com medições. De acordo com a empresa, a prefeitura não incluiu no contrato o adicional de insalubridade que deveria ser repassado aos funcionários. O contrato encerraria em fevereiro de 2018.

A F.F. Maraskin Projetos, Construções e Incorporações foi contratada de forma emergencial para executar serviços de manutenção preventiva e corretiva dos sistemas de manejo de águas pluviais urbanas em Porto Alegre. O contrato é válido por 180 dias.