Correio do Povo | Notícias | Ação leva alunos da Fundação Pão dos Pobres para o cinema

Porto Alegre

26ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018

  • 11/10/2018
  • 09:20
  • Atualização: 09:52

Ação leva alunos da Fundação Pão dos Pobres para o cinema

Iniciativa foi realizada em referência ao Dia da Criança

Crianças assistiram o filme PéPequeno, que conta a história de um yeti | Foto: Guilherme Almeida

Crianças assistiram o filme PéPequeno, que conta a história de um yeti | Foto: Guilherme Almeida

  • Comentários
  • Franceli Stefani

Davi Schmidt da Cunha tem 11 anos e foi, na tarde desta quarta-feira, vésperas do Dia da Criança, pela primeira vez ao cinema. Encantado com o que via, ao lado da professora e dos colegas da Fundação O Pão dos Pobres, disse que gostou muito da experiência e pretende repetir. "Quero muito assistir o Vênus (Venom), deve ser muito legal", disse. A primeira vez na sala espaçosa, com tela gigante, foi proporcionada pela GNC Cinemas em Porto Alegre e Santa Catarina, para comemorar o Dia da Criança.

No Estado, os espaços dos shoppings Praia de Belas e Iguatemi receberam cerca de 700 integrantes de instituições voltadas para o bem-estar da criança. Gratuitamente, além de conferir a exibição do longa, todas ganharam pipoca e refrigerante.

De acordo com a gerente-geral do GNC Praia de Belas, Maristela Kaiser, 400 meninos e meninas viram o filme Pé Pequeno, que conta a história de um yeti, criatura conhecida como o Abominável Homem das Neves, que vai na contramão do que todos os seus semelhantes acreditam.

O personagem tem a certeza de que os seres humanos, para eles até então um mito, realmente existem, mesmo que todos da sua espécie neguem com veemência. "Os pequenos adoraram. Uma professora de alunos especiais trouxe 15 estudantes, que estavam ansiosos para data. Alguns até escolheram uma roupa especial e fizeram uma maquiagem", afirmou.

Professora da Pão dos Pobres, Lais Macedo da Silveira, destacou que 36 estudantes foram beneficiados com a iniciativa. Desses, 50% nunca tinha posto os pés num cinema ou shopping. "Me emociono com esse tipo de trabalho, que beneficia crianças que não teriam oportunidade de vivenciar isso aqui. Eles estão adorando", exclamou.

Ainda de acordo com a educadora, a iniciativa é fundamental para que as crianças possam de forma lúdica, realizar um sonho. "Enquanto para muitos é comum ir ao cinema, há casos, como dos nossos pequenos, que é um objetivo alcançado", salientou.

No Praia de Belas foram contemplados também as crianças do Instituto Amparo ao Profissional (namex), Centro de Referência Assistencial (Cras) Magistério, Instituição Calábria, SCFV CIJ Monteiro Lobato/Cras Restinga, Abrigos Novo Tempo e Arco Íris, Associação Sol Maior, Amariles, Unidos da Paineira e Estadual Indígena Nhamandu Nhemopuã.

No Iguatemi, estiveram o ViaVida, Renascer, Escola Municipal Professor Gilberto Jorge Gonçalves da Silva, Lar Santo Antônio dos Excepcionais e Projeto Surfar.