Correio do Povo | Notícias | Vestidos de super-heróis, alpinistas levam alegria para crianças no Hospital Santo Antônio

Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 21 de Outubro de 2018

  • 12/10/2018
  • 12:14
  • Atualização: 15:29

Vestidos de super-heróis, alpinistas levam alegria para crianças no Hospital Santo Antônio

Pais das crianças também aproveitaram para registrar cada momento

Super-heróis apareceram nas janelas dos quartos para felicidade dos pequenos pacientes | Foto: Guilherme Almeida

Super-heróis apareceram nas janelas dos quartos para felicidade dos pequenos pacientes | Foto: Guilherme Almeida

  • Comentários
  • Correio do Povo

A alegria e emoção tomaram conta na manhã desta sexta-feira no Hospital da Criança Santo Antônio, da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. Os super-heróis visitaram as 184 crianças que estão nas quatro unidades de internação e nas duas unidades de terapia intensiva pediátrica da instituição de atendimento infantil. Eles apareceram nas janelas dos quartos para felicidade dos pequenos pacientes que conversaram e interagiram através dos vidros com seus personagens favoritos.

Os pais das crianças também aproveitaram para registrar cada momento. “O objetivo dessa atividade é despertar o lado lúdico e trazer forças para elas. Todos têm seus heróis e para eles é muito importante”, afirmou Daliana Pereira, profissional de educação física do setor de recreação do Hospital da Criança Santo Antônio. “Isso dá um ânimo na rotina. É muito visível para nós e vai muito além do momento mágico em que acontece. São muitos sentimentos positivos e isso fica por dias. O resultado dessa visita fica na memória da infância dessa criança. Então os benefícios são muitos”, complementou. Houve entrega de um kit de pintura também durante a ação.

Segundo Daliana Pereira, a ideia é de que a criança não tenha “uma quebra da vivência” tão marcada devido ao fato de estar hospitalizada e enfrentando doenças de alta complexidade nas áreas de oncologia, nefrologia, neurologia, cardiologia e transplante, entre outras. Ela lembrou que normalmente todos os pequenos pacientes têm atividades diárias como oficinas e brincadeiras. “Tudo que a gente faz os pais estão juntos. Não tratamos apenas a criança. Os pais também precisam disso pois estão passando uma barra com seus filhos. Eles se entregam com a gente e curtem junto. Isso é bom para todos”, afirmou.

“Estamos sempre movimentando justamente para que eles tenham atividades e não sintam uma mudança brusca de rotina”, observou. “O humor ameniza a dor e o lúdico ajuda a restabelecer a saúde”, lembrou. “Fazerem as crianças sorrirem é muito benéfico para o tratamento. Vemos no nosso dia a dia”, acrescentou.

A visita dos super-heróis está em sua terceira edição. As fantasias dos personagens foram vestidas por 11 alpinistas industriais profissionais que penduraram-se nas cordas nos lados externos do prédio de oito andares, descendo até cada janela dos quartos das crianças internadas.