Correio do Povo | Notícias | Governo envia para licitação projeto para viaduto em Xangri-Lá

Porto Alegre

12ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 24 de Junho de 2018

  • 21/02/2018
  • 10:54
  • Atualização: 11:56

Governo envia para licitação projeto para viaduto em Xangri-Lá

Um dos objetivos da obra é resolver os engarrafamentos no período de veraneio

Projeto se refere à rótula na Estrada do Mar (ERS-389), junto ao município de Xangri-Lá (ERS-407) e que também serve de entrada em Capão da Canoa | Foto: Reprodução / CP

Projeto se refere à rótula na Estrada do Mar (ERS-389), junto ao município de Xangri-Lá (ERS-407) e que também serve de entrada em Capão da Canoa | Foto: Reprodução / CP

  • Comentários
  • Mauren Xavier

Ficará para o final de 2018, mas um dos principais problemas de acesso às praias do Litoral Norte está prestes a ter uma solução. A questão se refere à rótula na Estrada do Mar (ERS-389), junto ao município de Xangri-Lá (ERS-407) e que também serve de entrada em Capão da Canoa. Após anúncios e adiamentos, o governo do Estado enviou nesta quarta para licitação (Central de Licitações do Estado - Celic) o projeto de construção de um viaduto nesse cruzamento.

Segundo o secretário estadual de Transportes, Pedro Westphalen, a expectativa é de que em dois meses a tramitação seja concluída e o prazo de execução é de cerca de seis meses. O custo estimado é de R$ 5,1 milhões, com recursos próprios do Estado. "Houve a reserva financeira pela relevância da obra, que vai melhorar consideravelmente o trânsito no local", afirmou o secretário.

Um dos objetivos é resolver os engarrafamentos no período de veraneio. O problema faz com que, não em poucas vezes, os motoristas tenham que perder horas parados no congestionamento apenas para passar pela rótula. A situação se complica especialmente na chegada à praia, na sexta-feira e no sábado e no retorno, aos domingos. O fluxo é intenso porque a rótula recebe trânsito nos dois sentidos da Estrada do Mar, além do que vem da de Morro Alto (da BR 101), para entrar nas praias, e o de saída. Quando todos se encontram, o trânsito fica praticamente parado.

Para tentar amenizar os transtornos, como ocorreu na manhã do sábado (17), foi necessária fazer uma mudança no fluxo, com orientação do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) e apoio do Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM). A alteração no fluxo se dava de quem vinha de Morro Alto e tinha que entrar na Estrada do Mar, no sentido de Osório até o Grupamento de Polícia Rodoviária, onde há o retorno livre para Capão da Canoa.

Para fugir dos congestionamentos, muitos motoristas que queriam acessa a praia de Capão da Canoa acabavam seguindo pela BR 101 até Terra de Areia, para entrar pela RS-486, na praia de Curumim, tendo depois que retornar pela Estrada do Mar até ingressar na praia, ampliando o percurso e o tempo de viagem.