Correio do Povo | Notícias | Reunião do Comtu sobre aumento da passagem termina em confusão

Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 19 de Novembro de 2018

  • 09/03/2018
  • 12:15
  • Atualização: 22:15

Reunião do Comtu sobre aumento da passagem termina em confusão

Representantes dos Rodoviários e da Umespa trocaram socos no auditório da EPTC

Reunião do Comtu sobre aumento da passagem termina em confusão  | Foto: Twitter / Reprodução / CP

Reunião do Comtu sobre aumento da passagem termina em confusão | Foto: Twitter / Reprodução / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

A reunião do Conselho Municipal de Transportes Urbanos (Comtu), que determinou o aumento da passagem, terminou em briga. Representantes dos Rodoviários e da União Municipal de Estudantes Secundários de Porto Alegre (Umespa) trocaram socos no corredor que dá acesso ao auditório da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). Depois de quase duas horas de reunião, os conselheiros se retiraram do auditório. Foi neste momento que, segundo Vitória, um outro representante da Umespa, identificado como Vinicius Anversa, chamou Dutra de "covarde". A ofensa foi o suficiente para o início da troca de socos entre os dois.

Na sequência, outros conselheiros e representantes de entidades tentaram apartar a briga, sem êxito. Na confusão, o óculos de Vinicius quebrou. Foi então que policiais militares, que guarneciam a área externa em razão de protestos, ingressaram no prédio e conseguiram conter os ânimos. Pelo menos três pessoas ficaram feridas. Dutra deixou o local sob escolta policial. Durante a briga, Dutra e Vinicius trocaram agressões e chegaram a rolar no chão até serem separados.

Na reunião do Conselho Municipal de Transportes Urbanos (Comtu), ocorrida no auditório da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), nesta sexta-feira a tarifa foi reajustada para R$ 4,30, o que representa um incremento de 6,17%, caso seja retomada a cobrança de 50% da segunda passagem. Do contrário, a tarifa fica em R$ 4,50. Até ontem, a tarifa vigente era R$ 4,05, com gratuidade na segunda passagem, desde que a viagem ocorresse em um intervalo de 30 minutos entre a primeira e a segunda. A decisão do Comtu agora será avaliada pelo prefeito Nelson Marchezan Júnior, que poderá sancioná-la ou não. A EPTC não informou quando a nova tarifa entra em vigor. No entanto, conselheiros da oposição já acionaram a Justiça questionando o novo valor.

Antes da reunião, no começo da manhã, dezenas de estudantes se reuniram em frente à Escola Técnica Parobé, na região Central da cidade, para protestar contra o aumento da passagem.

Na manifestação, que contou com carro de som, o grupo cantou "o meio-passe é meu direito, se mexer nele derrubamos o prefeito". Os estudantes ainda saíram em caminhada pelo Centro de Porto Alegre e passaram pelas principais avenidas e ruas da região, como Loureiro da Silva e Engenheiro Luiz Englert. Em seguida, passaram pelo túnel da Conceição e minutos depois chegaram ao Paço Municipal.