Correio do Povo | Notícias | Sartori anuncia autorização de abertura para licitação de obras na ERS 040

Porto Alegre

24ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 14 de Novembro de 2018

  • 09/03/2018
  • 16:46
  • Atualização: 19:30

Sartori anuncia autorização de abertura para licitação de obras na ERS 040

Entre as melhorias estão alargamento do acostamento, drenagem e sinalização vertical

Entre as melhorias estão alargamento do acostamento e melhorias na drenagem e sinalização vertical | Foto: Luiz Chaves / Governo do Estado / CP Memória

Entre as melhorias estão alargamento do acostamento e melhorias na drenagem e sinalização vertical | Foto: Luiz Chaves / Governo do Estado / CP Memória

  • Comentários
  • Correio do Povo

O governador do Estado, José Ivo Sartori, autorizou a abertura de licitações para obras de melhorias entre os quilômetros 91 e 93 da ERS 040, que liba Porto Alegre ao Litoral Norte. O trecho fica no bairro Pontal das Figueiras, em Balneário Pinhal.

A licitação prevê a padronização da largura do acostamento, melhorias na drenagem, principalmente das águas pluviais, e reforço da sinalização vertical e horizontal. A extensão da obra será de 2.912 metros. O prazo para conclusão será de seis meses e o valor é de R$ 1.763.240,38. “Hoje, é possível dar início a essa obra tão importante para a região, porque houve um trabalho sério, responsável. Houve gestão, integração e parceria". Afirmou o governador.

O Secretário dos Transportes, Pedro Westphalen, reconhece as dificuldades estruturais da região, mas defende que a iniciatíva irá oferecer benefícios principalmente a população de menor renda, que vive no entorno "É uma ação pequena, mas de grande repercussão social", ponderou Westphalen.

A obra constitui-se na melhoria do acostamento do lado direito da rodovia, em sentido Porto Alegre-Balneário Pinhal. O acostamento está com o asfalto deteriorado e com larguras variáveis, entre um e dois metros. No local, a dois quilômetros do Centro de Pinhal, vivem cerca de 450 famílias, e o meio mais usado de transporte é a bicicleta. O alargamento vai permitir a melhor utilização da área pela população local e será feito de forma a não afetar a funcionalidade urbana, levando acessibilidade aos usuários, como pedestres e ciclistas.