Correio do Povo | Notícias | Ruas esburacadas transformam a paisagem urbana de Porto Alegre

Porto Alegre

13ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 18 de Junho de 2018

  • 12/03/2018
  • 14:38
  • Atualização: 17:46

Ruas esburacadas transformam a paisagem urbana de Porto Alegre

Moradores reclamam que Prefeitura não toma providências

Ruas esburacadas transformam a paisagem urbana de Porto Alegre | Foto: Guilherme Testa

Ruas esburacadas transformam a paisagem urbana de Porto Alegre | Foto: Guilherme Testa

  • Comentários
  • Henrique Massaro

Os buracos que compõem cada vez mais o trânsito de Porto Alegre por vezes refletem problemas que vão além da falta de manutenção do Poder Público. Na rua Comendador Coruja, próxima ao Shopping Total, por exemplo, o asfalto, em um dos pontos em que já apresenta rompimento, tem um buraco causado aparentemente pela retirada manual de paralelepípedos nas proximidades do meio-fio. 

Ao longo da via, a camada asfáltica já demonstra os sinais do tempo e, sim, da falta de manutenção. Isso porque em diversos pontos onde deveria ter asfalto, o que se vê são apenas paralelepípedos expostos. Mas nesse ponto específico, em frente ao número 417, o problema foi agravado, deixando o trecho ainda mais esburacado. 

De acordo com o aposentado Morocy Duque Cesar, 82 anos, que mora na Comendador Coruja, a situação começou há cerca de três meses. Ele afirma os responsáveis são motoboys que, para estacionar as motocicletas na rua, retiram os paralelepípedos para calçar os veículos. Ainda segundo ele, o problema já foi informado por moradores à Prefeitura, que, no entanto, não solucionou o problema. Na manhã de ontem, era possível ver que as pedras de fato haviam sido retiradas. Entre as motos estacionadas, uma foi vista sendo apoiada em um paralelepípedo. 

Cratera no bairro Partenon

Assim como o buraco da avenida Luiz Manoel Gonzaga, no bairro Três Figueiras, que teve seu aniversário “comemorado” por moradores cansados de pedir providências do Poder Público, outras ruas de Porto Alegre convivem com problemas semelhantes. Quem mora na Avenida Luiz Moschetti, no bairro Partenon, zona Leste de Porto Alegre, por exemplo têm em seu dia a dia dois obstáculos em plena calçada. Trata-se de dois buracos de tamanhos consideráveis abertos no meio do passeio público e que, segundo os moradores, já estão há meses sem nenhuma solução. Um deles, de acordo com a população, já está sem solução há aproximadamente um ano e, portanto, também “fazendo aniversário”. 

Os cidadãos também afirmam que a prefeitura já foi acionada, porém nenhuma providência efetiva foi tomada. De acordo com Sinara Santos, que mora na avenida, e com outros moradores das imediações dos buracos, o máximo que já foi feito foi colocar cavaletes isolando os locais. Na manhã desta segunda-feira, no entanto, não havia nada que delimitasse os espaços.

Com profundidade suficiente para causar um acidente, os buracos estão localizados entre a rua Coronel José Rodrigues Sobral e a avenida Veiga, a apenas uma quadra de distância um do outro. 

O que diz a Prefeitura

1) rua Comendador Coruja, 417, próximo ao Shopping Total. Buraco próximo ao asfalto. Aparentemente paralelepípedos foram retirados do local.

A Divisão de Conservação de Vias Urbanas (DCVU) da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Smim) realiza vistoria na tarde desta segunda-feira, 12, para programar o serviço.

2 e 3) avenida Luiz Moschetti, vila João Pessoa, no bairro Partenon. Dois buracos na calçada entre a rua coronel José Rodrigues Sobral e a avenida Veiga. Segundo moradores, um dos buracos já tem mais de um ano.

Os técnicos da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSurb) incluíram os endereços na programação de vistorias a serem realizadas até a próxima quarta-feira.