Correio do Povo | Notícias | Justiça aceita denúncia contra homem que atropelou 18 pessoas no Rio

Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

  • 06/07/2018
  • 18:11
  • Atualização: 18:15

Justiça aceita denúncia contra homem que atropelou 18 pessoas no Rio

Ele vai responder por homicídio culposo e lesão corporal culposa

Acidente ocorreu em janeiro deste ano em Copacabana  | Foto: Carl de Souza / AFP / CP

Acidente ocorreu em janeiro deste ano em Copacabana | Foto: Carl de Souza / AFP / CP

  • Comentários
  • Agência Brasil

A Justiça do Rio de Janeiro aceitou a denúncia contra Antônio de Almeida Anaquim, que atropelou 18 pessoas, matando duas, entre elas um bebê de oito meses, em janeiro deste ano, na Praia de Copacabana, depois de atravessar a ciclovia. Ele vai responder por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) e lesão corporal culposa. Além do bebê, o motorista também provocou a morte do australiano Christopher John Gott, que estava no calçadão.

Na decisão, a juíza Alessandra de Araújo Bilac, da 40ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça, escreveu "é certo que o denunciado agiu de forma negligente, eis que, a despeito de estar plenamente ciente de seu problemas neurológicos decorrentes do quadro clínico de epilepsia de que é portador, e estando em tratamento médico desde a adolescência para evitar os recorrentes 'apagões', mesmo assim negou tal fato quando renovou de sua carteira de habilitação, deixando de se submeter a procedimento mais criteriosos no Detran".

Antônio Anaquim agora será citado e deverá apresentar defesa no prazo de 10 dias após a citação pela Justiça.