Correio do Povo | Notícias | Piquetes são montados no Acampamento Farroupilha

Porto Alegre

22ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 23 de Setembro de 2018

  • 18/08/2018
  • 11:45
  • Atualização: 18:08

Piquetes são montados no Acampamento Farroupilha

Abertura do evento está programada para o dia 7 de setembro

Piquetes são montados no Acampamento Farroupilha | Foto: Guilherme Almeida

Piquetes são montados no Acampamento Farroupilha | Foto: Guilherme Almeida

  • Comentários
  • Franceli Stefani

A tradicional calça jeans deu lugar à pilcha. Bonés já são raros de serem vistos e o chapéu começa a roubar a cena. Muitos já levam carne e os apetrechos para o churrasco. É a aproximação do mês Farroupilha e o início da montagem do acampamento, que começou neste sábado, já dando uma nova cara ao Parque Harmonia.

A abertura do evento está programada para o dia 7 de setembro, com a chegada da Chama Crioula, que neste ano foi acesa na cidade de Iraí, no norte do Estado. Com o tema Tropeirismo, sobre qual todos os piquetes acampados deverão desenvolver seus projetos culturais, a expectativa dos integrantes das entidades é de bom público, muita amizade e a hospitalidade típica do gaúcho.

Enquanto observava o espaço em que o Piquete Manotaço ficará instalado, Luís Fernando Siqueira, 58 anos, acredita que, apesar da crise, o movimento deva ser superior ao do ano passado. “A informação que tivemos foi a de que em 2017 um milhão de pessoas circulou no parque durante os 20 dias de atividades. A gente não tem ideia, mas estamos confiantes de superarmos essa marca”, expressa. De acordo com ele, todos estão engajados para deixar o espaço aconchegante para receber integrantes, amigos, familiares e convidados.

A maioria das entidades não abre as portas para visitantes não conhecidos do grupo. Isso, conforme o integrante do Piquete Amigos do Sorro, Álvaro Bortolaz, é para garantir a ordem e a tranquilidade do local. “O alvará está em nosso nome, então somos responsáveis por tudo o que acontece. A hospitalidade é a característica do gaúcho, porém precisamos ter cautela para que tudo ocorra dentro da normalidade, como foi nos anos anteriores”, enfatiza.

Lugar para visitar, o público externo, terá. Desde programação artística e cultural – como música e dança – no palco central, bailes, rodeios, além de toda a infraestrutura construída pelas entidades participantes. O presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), Nairo Callegaro, está otimista. “Há atividades para todas as idades. As crianças terão a Ciranda Escolar, com oficinas e atividades culturais”, explica. O encerramento do Acampamento Farroupilha será no dia 20 de setembro, com a extinção da Chama Crioula.