Correio do Povo | Notícias | Enchente no Vale do Paranhana afeta mais de 1,3 mil pessoas e deixa 300 desalojadas

Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 23 de Setembro de 2018

  • 04/09/2018
  • 11:23
  • Atualização: 11:34

Enchente no Vale do Paranhana afeta mais de 1,3 mil pessoas e deixa 300 desalojadas

Níveis dos rios estão baixando, mas água bloqueia acessos a Rolante

Água toma conta de diversas ruas da cidade | Foto: Bombeiros Voluntários de Rolante / Divulgação / CP

Água toma conta de diversas ruas da cidade | Foto: Bombeiros Voluntários de Rolante / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Raphaela Suzin

A enchente em Rolante, no Vale do Paranhana, já atinge 1.350 pessoas e deixa 300 desalojadas, de acordo com os Bombeiros Voluntários. Os rios Rolante e Areia transbordaram na madrugada e invadiram casas, principalmente nos bairros Grassmann e Constado. A água também bloqueia os principais acessos de entrada e saída da cidade.

Apesar da cheia, aos poucos, os níveis dos rios estão baixando. Segundo a Defesa Civil, por volta das 11h, o rio Rolante estava 5,90 metros acima do nível e o Areia, 6,10 metros acima. A enchente chegou também ao Centro da cidade, alagando as principais ruas.

Foto: Bombeiros Voluntários de Rolante / Divulgação / CP

Regiões que apresentam problemas

- Rolantinho, próximo ao Salão Concórdia, interrompido

- Estrada Velha, Salão do Scheffer e próximo à Caprol, interrompido

- Bairro Grassmann, com alagamento

- Bairro Contestado, com alagamento

- Próximo a Lebes, com alagamento

- Rótula na entrada da cidade está com acesso interrompido

- Linha Reichert, na altura da mecânica Schimia, interrompido

- Centro interrompido

- Mascarada, próximo ao Anísio Petry, interrompido

- Mascarada, próximo ao Campo do Avante, interrompido

Os Bombeiros pedem que a população não atingida permaneça em suas casas. “Não transitem nos locais atingidos, a curiosidade não ajuda o próximo. Pedimos para a população, na medida do possível, ficar em suas residencias e não entrar em áreas alagadas”, destaca o comunicado.

A cidade de quase 21 mil habitantes teve a maior enchente de sua história em janeiro de 2017. Na época, 2,4 mil residências foram atingidas após a cheia do rio Mascarada arrastar uma enxurrada de lama para a cidade.


Foto: CRBM / Divulgação / CP

ERS 115 bloqueada

A ERS 115 está totalmebte bloqueada em Três Coroas. De acordo com o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), devido ao volume excessivo de chuvas houve deslizamentos de terra e pedras nos quilômetros 16 da rodovia. A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) deve realizar a limpeza do local, mas ainda não há previsão para liberação da pista. O desvio no trânsito está sendo realizado por vias secundárias a partir do km 13 até o km 18 da rodovia.

Foto: Corpo de Bombeiros de Três Coroas / Divulgação / CP