Correio do Povo | Notícias | Moradores das ilhas de Porto Alegre iniciam limpeza após avanço das águas

Porto Alegre

29ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 16 de Dezembro de 2018

  • 06/09/2018
  • 13:20
  • Atualização: 13:47

Moradores das ilhas de Porto Alegre iniciam limpeza após avanço das águas

Técnicos seguem monitorando região que não teve registros de desalojados e nem desabrigados

Alguns locais da região seguem com avanço das águas, mas elas começam a baixar | Foto: Guilherme Almeida

Alguns locais da região seguem com avanço das águas, mas elas começam a baixar | Foto: Guilherme Almeida

  • Comentários
  • Cláudio Isaías

Com a baixa do nível do Guaíba e o dia ensolarado, os moradores das ilhas Grande dos Marinheiros e da Pintada aproveitaram a quinta-feira para realizar a limpeza dos pátios que no começo da semana foi tomado pelas águas. O Centro Integrado de Comando da Cidade de Porto Alegre (Ceic) informou que o nível do Guaíba na região das Ilhas estava marcando 1,76 metros no período da manhã.

Tanto na rua João Inácio da Silveira, quanto na avenida Nossa Senhora Aparecida, na Ilha Grande dos Marinheiros, as famílias trataram de aproveitar o dia para realizar a tradicional faxina nas suas residências. A previsão da meteorologia para sexta-feira, feriado da Independência do Brasil é de dia claro e ensolarado com vento calmo ou soprando fraco do quadrante Oeste para Norte. A temperatura seguirá em elevação, deixando a tarde quente. A mínima será de 10 graus e a máxima chegará aos 28 graus.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o feriado de será de tempo firme em todo o Rio Grande do Sul. Pela manhã, as temperaturas serão baixas e existe a possibilidade de ocorrência de geadas na região da Serra gaúcha e chance de nevoeiros em Porto Alegre, mas sem grande intensidade. À tarde, o sol ameniza o frio e as temperaturas sobem, oscilando entre 21 e 28 graus.

O tempo bom na manhã de quinta-feira possibilitou que a dona de casa Maíra Rodrigues, residente na avenida Nossa Senhora Aparecida, na Ilha Grande dos Marinheiros, aproveitasse para lavar roupa e limpar o pátio. "Na segunda, terça e quarta-feira, as crianças não puderam ir na creche porque o ônibus não conseguiu chegar aqui em casa em razão do acúmulo de água na avenida", destacou.

Já a servente Elizete Soares, que mora na rua João Inácio da Silveira, tratou de realizar a limpeza do pátio que ainda tinha muito barro e restos de materiais de reciclagem. Uma viatura da Defesa Civil de Porto Alegre circulou pelas ilhas para verificar a situação dos moradores. Os técnicos seguem monitorando a região das Ilhas (Pavão, Pintada, Flores e Grande dos Marinheiros) que não possui registros de desalojados e nem desabrigados.