Correio do Povo | Notícias | Queijos são atração em feira de produtos artesanais em Porto Alegre

Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

  • 08/09/2018
  • 15:24
  • Atualização: 13:17

Queijos são atração em feira de produtos artesanais em Porto Alegre

Modo de produção tem cerca de 200 anos de história

Feira sempre aos sábados entre 10h e 15h | Foto: Alina Souza

Feira sempre aos sábados entre 10h e 15h | Foto: Alina Souza

  • Comentários
  • Correio do Povo

Patrimônio cultural e imaterial brasileiro, os diferentes queijos da famosa da região da Serra da Canastra, em Minas Gerais, são uma das atrações da Feira do Barra Shopping Sul que ocorrerá sempre aos sábados entre 10h e 15h com dez expositores instalados em coloridas bancas na praça de alimentação. O evento teve início neste sábado. “Minas é o lugar que tem a maior produção de queijo artesanal do Brasil. Minas é o celeiro do queijo”, lembrou Eduardo Borges, que coordena o evento e possui a exclusividade de vendas do produto no Rio Grande do Sul através de uma certificação da associação dos produtores daquela região mineira onde sete municípios destacam-se pela produção.

Na banca dele podem ser adquiridos mais de 30 tipos de queijos sendo que 40% é da Canastra e o restante de outras partes do país. “A maioria quer conhecer o que já ouviu falar”, afirmou, referindo-se aos compradores do produto mineiro. Ele sintetizou ainda a definição do queijo artesanal. “O leite tem que ser cru e não pode ser pasteurizado. Nele não pode ser usado nenhum equipamento, como refrigeração, para induzir o queijo à maturação”, acrescentou.

Eduardo Borges enfatizou que o modo de produção tem cerca de 200 anos de história. Ele explicou que o Queijo da Canastra é “feito à mão, com um terroir muito próprio para a produção de queijo artesanal, com qualidade da água pois ali é a nascente do rio São Francisco, os sais minerais daquele solo são muito ricos e característicos daquela região, a temperatura lá é adequada, o gado é especial, histórico e dão pouco leite mas com muita qualidade”. Eduardo Borges resume que a técnica consiste em “tirar o leite recém ordenhado, fazer o queijo e deixar maturar à temperatura ambiente”. A cura do queijo, destacou, fica em torno de 20 dias, mas revelou que têm alguns de até 12 meses e 18 meses. “O queijo vai ficando velho e vai mudando a característica de sabor dele”, observou. Ele também comercializa presuntos, salames, copa e outros embutidos de produção artesanal.

Outro destaque da Feira do Barra Shopping Sul são os pães de fermentação natural do Atelier Vincent, livre de química, cujas receitas foram pesquisadas na França. Estão presentes no evento também bancas de hortifrutigranjeiros, geleias e compotas, doces integrais e grãos, além de pães e flores. “A feira é mais uma opção de serviço que trazemos aos clientes do Barra., Nossa proposta é oferecer comodidade a quem busca alimentos frescos e de alta qualidade”, ressaltou a gerente de marketing do Barra Shopping Sul, Tânia Nascimento.


TAGS » Porto Alegre, Geral