Correio do Povo | Notícias | EUA incluem abelhas em lista de espécies em risco de extinção pela primeira vez

Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 18 de Novembro de 2018

  • 12/01/2017
  • 23:17
  • Atualização: 23:18

EUA incluem abelhas em lista de espécies em risco de extinção pela primeira vez

Importante para a polinização, Bombus affinis perdeu 88% de sua população

Importante para a polinização, Bombus affinis perdeu 88% de sua população | Foto: Georges Gobet / AFP / CP

Importante para a polinização, Bombus affinis perdeu 88% de sua população | Foto: Georges Gobet / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Autoridades americanas anunciaram, nesta quinta-feira, a inclusão de uma espécie de abelha que desempenha um papel importante na polinização na lista de espécies em risco de extinção. É a primeira vez que uma espécie de abelha é objeto de tal medida no território continental dos Estados Unidos, informou na quarta-feira o Serviço Americano de Pesca e Fauna Selvagem (USFWS).

A decisão, que entrará em vigor em 10 de fevereiro, prevê medidas de proteção em nível nacional e a elaboração de um plano para fazer com que a população desses insetos cresça, através de fundos federais para os estados que contam com colônias destas abelhas, cujo nome científico é Bombus affinis. A população destas abelhas - uma das cinco espécies norte-americanas -, diminuiu 88% desde o ano 2000, coincidindo com uma perda ou degradação de 87% de seu habitat, combinada com os efeitos nocivos dos pesticidas e dos patógenos.

Atualmente, esta espécie está presente em apenas 13 estados do país e na província canadense de Ontário, enquanto que no final da década de 1990 estava em 31 estados americanos e em várias províncias do Canadá, segundo a USFWS, cuja decisão foi publicada no diário oficial. O Canadá incluiu a Bombus affinis na sua lista de espécies em risco de extinção já em 2012.