Correio do Povo | Notícias | Starbucks anuncia que eliminará canudos de plástico até 2020

Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 19 de Novembro de 2018

  • 09/07/2018
  • 22:56

Starbucks anuncia que eliminará canudos de plástico até 2020

Rede de cafeterias tem cerca de 28 mil lojas no mundo

Starbucks quer eliminar canudos de suas lojas em dois anos | Foto: Justin Sullivan / Getty Images / AFP / CP

Starbucks quer eliminar canudos de suas lojas em dois anos | Foto: Justin Sullivan / Getty Images / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

A cadeia Starbucks anunciou nesta segunda-feira a eliminação dos canudos de plástico em suas 28 mil cafeterias de todo o mundo até 2020, tornando-se a última companhia a se juntar a um movimento global crescente contra os artigos de plástico descartáveis.

A Starbucks confirmou a decisão no Twitter depois de vários meses de testes, especialmente na Grã-Bretanha. Os canudos serão substituídos por tampas de polipropileno com uma pequena abertura e um bico para beber o conteúdo do copo. Este modelo já é usado para algumas bebidas frias nos Estados Unidos e no Canadá.

Embora sejam de plástico e teoricamente recicláveis, os canudos são geralmente muito pequenos para serem classificados e reciclados pelos maquinários das fábricas de reciclagem.

No entanto, as novas tampas de plástico são suficientemente grandes para serem pegas pelas máquinas, conforme a Starbucks. "A Starbucks traça finalmente uma linha vermelha e cria um modelo que outras grandes marcas podem seguir", assinalou em comunicado Chris Milne, gerente de compras de embalagens da Starbucks.

As bebidas frias (café ou chá gelados) serão automaticamente entregues com a nova tampa, sem canudo, excetuando-se as bebidas de café com gelo e leite, o "frappucino", que terá um canudo de papel ou de plástico reciclável fabricado à base de amido ou "outros materiais duradouros", segundo a Starbucks.

Imitando uma proposta que já tem efeito em muitos restaurantes e cafés, a Starbucks decidiu que os clientes ainda poderão solicitar um canudo se desejarem.


TAGS » Meio Ambiente