Correio do Povo | Notícias | Hospital Santa Ana entrega primeiros 28 leitos

Porto Alegre

29ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 22 de Setembro de 2018

  • 01/08/2018
  • 14:39
  • Atualização: 16:39

Hospital Santa Ana entrega primeiros 28 leitos

Até o final de outubro o empreendimento deve estar 100% em funcionamento

Leitos foram construídos com investimento de R$ 40 milhões e fará atendimento pelo SUS | Foto: Alina Souza

Leitos foram construídos com investimento de R$ 40 milhões e fará atendimento pelo SUS | Foto: Alina Souza

  • Comentários
  • Henrique Massaro

Os primeiros 28 dos 205 leitos do Hospital Santa Ana, em construção desde o ano passado junto ao Hospital Espírita, na zona Sul de Porto Alegre, foram inaugurados nesta quarta-feira. Voltados para o atendimento de adolescentes do sexo masculino de 12 até 18 anos, os espaços reforçam um cenário que, até então, era de 363 leitos de saúde mental. A próxima entrega deve ocorrer já no próximo mês e, até o final de outubro, o empreendimento deve estar pronto. 100% SUS, o hospital está sendo construído pela Associação Educadora São Carlos (AESC), com investimentos de cerca de R$ 40 milhões.

Localizados em um prédio anexo ao restante do espaço que ainda está em obras, os novos leitos foram planejados especificamente para o atendimento de jovens com problemas de saúde mental. Na sala de observação, por exemplo, não há tomadas ou nenhum objeto que os pacientes possam utilizar para ferir alguém ou a si mesmos. Nos corredores, por sua vez, chama a atenção os controles das temperaturas dos banhos, que também evitam problemas que poderiam ser causados pelos adolescentes.

Dentro dos quartos, os banheiros também contam com projeções especiais. No caso de qualquer tentativa de enforcamento, o chuveiro imediatamente se desprende do teto. Com características de “portas fechadas”, o local servirá retaguarda de média a alta complexidade, desafogando hospitais lotados da Capital. “A gente tem a expectativa de que, até o final do ano, tenha recuperado toda a série histórica anual de fechamento de leitos na cidade”, disse o prefeito Nelson Marchezan Júnior. De acordo com a prefeitura, com a finalização do Santa Ana, se tenha uma ampliação mensal de 600 internações em Porto Alegre em função de o novo hospital servir de retaguarda.

O secretário municipal de Saúde, Erno Harzheim, disse que o sistema de gerenciamento de leitos hospitalares da prefeitura já permite o monitoramento constante de cerca de 60% espaços da Capital, o que permite agilizar o esvaziamento de hospitais sobrecarregados. “Em vez de ficar alguém se recuperando, por exemplo, no Hospital de Clínicas, se recupera aqui e o Clínicas faz mais duas, três cirurgias usando aquele mesmo leito no mesmo período de tempo”, disse.

No dia 15 de setembro, devem ser entregues o térreo do hospital, com a recepção e setores administrativos, e o quinto andar, que contará com 60 leitos - 10 para UTI, 14 para cuidados intermediários e 36 para retaguarda clínica. No dia 1º de outubro, será a vez do segundo andar, com 20 leitos de cuidados prolongados, que terão outros 16 espaços no quarto andar, cuja inauguração está prevista para o dia 15 do mesmo mês. Ainda em 15 de outubro, outros 33 leitos de retaguarda clínica serão abertos. Por fim, no dia 29, o primeiro andar recebe a transferência da Unidade São Rafael e seus 28 leitos de dependência química para mulheres.


TAGS » Saúde, Hospital, Geral, SUS