Correio do Povo | Notícias | Reabertura parcial da ponte faz aumentar número de turistas em Iraí

Porto Alegre

24ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 21 de Novembro de 2018

  • 05/11/2014
  • 09:32
  • Atualização: 09:45

Reabertura parcial da ponte faz aumentar número de turistas em Iraí

Circulação de caminhões e ônibus pelo trecho deve ocorrer no início de janeiro de 2015

Aumentou a presença de veranistas no Centro Hidroterápico Osvaldo Cruz | Foto: Fernando Sucolotti / Divulgação / CP

Aumentou a presença de veranistas no Centro Hidroterápico Osvaldo Cruz | Foto: Fernando Sucolotti / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Agostinho Piovesan

Aumentou a presença de turistas na cidade balneária de Iraí a partir da liberação parcial do trânsito de veículos na ponte sobre o rio Uruguai, na divisa com Santa Catarina. A cidade da região do Médio Uruguai tem sua base econômica no turismo, especialmente dos banhos com água mineral ofertados no Centro Hidroterápico Osvaldo Cruz.

A ponte foi reaberta no dia 25 de outubro para a passagem de motos, automóveis e vans. A circulação de todos os tipos de veículos, incluindo caminhões e ônibus deve ocorrer no início de janeiro de 2015, quando as obras de recuperação da estrutura que liga Iraí, no Rio Grande do Sul, e Palmitos, em Santa Catarina, estiverem concluídas.

A interrupção total do trânsito de veículos ocorreu no dia 26 de agosto deste ano. A partir daquela data o movimento de pessoas em restaurantes, hotéis, postos de combustível e comércio de Iraí, caiu 70%. “Foi um duro golpe na economia local e também para os estabelecimentos localizados ao longo da BR 386”, afirma o presidente da Associação Comercial e Industrial de Iraí, Tiago Gadonski.

O empresário disse que a interrupção do trânsito na ponte dificultou a vinda de turistas em ônibus de excursões de outros estados, especialmente de Santa Catarina e do Paraná. “A partir da liberação parcial do trânsito percebe-se uma retomada da atividade econômica local na ordem de 30%. A expectativa é de que a partir de janeiro os negócios e a presença de turistas e pessoas em geral voltem à normalidade”, avalia Gadonski.

Os proprietários de hotéis de Iraí defendem que a seja permitida a passagem de veículos com até 18 toneladas na ponte, o mais breve possível. Com isso os ônibus poderão voltar a fazer a travessia que liga os dois estados.

O diretor do Centro Hidroterápico Osvaldo Cruz, Henri Koenig confirmou que o movimento no balneário caiu a partir dos problemas na ponte e também devido às duas enchentes registradas neste ano. “Por duas vezes a água cercou o centro hidroterápico onde são fornecidos banhos com água mineral e as atividades foram suspensas”, afirma. Ele informou que nesta semana várias excursões de turistas de cidades gaúchas chegaram à cidade. “A cidade começou a ganhar mais vida e a tendência é de que o número de visitantes aumente cada vez mais com a proximidade do verão”, conclui.