Correio do Povo | Notícias | BikePoa atinge 1 milhão de viagens no dia da bicicleta

Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 22 de Setembro de 2018

  • 19/04/2017
  • 09:49
  • Atualização: 09:50

BikePoa atinge 1 milhão de viagens no dia da bicicleta

Os usuários que mais utilizaram o serviço ganharão passe livre por um ano

Os usuários que mais utilizaram o serviço ganharão passe livre por um ano | Foto: Guilherme Testa / CP Memória

Os usuários que mais utilizaram o serviço ganharão passe livre por um ano | Foto: Guilherme Testa / CP Memória

  • Comentários
  • Correio do Povo

*Com informações da Prefeitura Municipal de Porto Alegre

Em Porto Alegre, a BikePoa comemora 1 milhão de viagens realizadas em celebração ao Dia Mundial da Bicicleta, comemorado nesta quarta-feira. O evento, denominado “1 Milhão de Pedaladas”, começou às 9h desta quarta-feira na Estação Iberê Camargo, zona Sul da Capital.

Os cinco usuários que mais utilizaram as bikes desde o início da implantação do sistema, em 2012, serão contemplados com passe livre por um ano. O usuário que realizar a viagem de número 1 milhão, na data, também será premiado com o passe.

As "laranjinhas", como são conhecidas popularmente, caíram no gosto dos moradores de Porto Alegre e dos turistas que visitam a cidade. “Ficamos felizes com o primeiro milhão de viagens do BikePoa, pois isso demonstra que as laranjinhas estão contribuindo para as pessoas se deslocarem pela cidade de uma maneira sustentável e saudável”, diz o diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Marcelo Soletti.

BikePoa

Atualmente, a BikePoa conta com 195 mil usuários cadastrados, abrangendo 13% da população de Porto Alegre. Pelo menos 70% das viagens são feitas durante a semana, no horário das 16h às 20h. As "magrelas" estão espalhadas por 40 estações na cidade, sendo as do Shopping Praia de Belas, Shopping Barra Sul e Redenção as mais procuradas pelos usuários.

“Esses dados mostram fortes características de uso das bikes, além de viagens de lazer, também como deslocamento para o trabalho”, explica Marcelo.

Desde o início, as viagens com as laranjinhas deixaram de emitir mais de 350 toneladas de CO2 na atmosfera, se considerarmos que tal volume poderia ter sido gerado pelo uso do carro. As estações de bikes utilizam energia solar e comunicação wireless para se conectar com o sistema integrado.