Correio do Povo | Notícias | Acidentes de trânsito matam 23 pessoas no RS durante o feriadão da Independência

Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 25 de Setembro de 2018

  • 10/09/2018
  • 10:06
  • Atualização: 11:39

Acidentes de trânsito matam 23 pessoas no RS durante o feriadão da Independência

Estado registrou ao menos três colisões envolvendo ônibus

Acidente em Sertão matou dois passageiros de um ônibus de excursão | Foto: Vinicius Coimbra / DM / CP

Acidente em Sertão matou dois passageiros de um ônibus de excursão | Foto: Vinicius Coimbra / DM / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Em mais um feriadão violento no trânsito, 23 pessoas morreram em acidentes no Rio Grande do Sul. A maioria das mortes - 18 - ocorreu em rodovias estaduais. Já as estradas federais registraram cinco mortes. Ao todo, foram registrados 112 acidentes - 74 em rodovias estaduais e 38 em federais - com 143 feridos. No mesmo feriado do ano passado, 15 pessoas morreram em acidentes no Estado.

De acordo com o balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF), entre a zero hora de quinta-feira e a meia-noite de domingo, policiais federais aplicaram ainda 5.580 multas. A maioria – 3,4 mil – por trafegar acima da velocidade permitida. Além disso, 435 condutores foram flagrados realizando ultrapassagens proibidas ou irregulares. Somente no domingo, mais de uma centena foi autuada por transitar no acostamento da freeway. A operação também aplicou 2.720 testes do bafômetro, sendo que 98 motoristas foram autuados por embriaguez ao volante.

O Chefe de Comunicação Social da PRF, inspetor Alessandro Castro, observou que o feriado de 7 de Setembro foi o mais movimentado do segundo semestre deste ano - apesar do grande fluxo de veículos, a maioria dos acidentes graves ocorreu durante a madrugada e em períodos de pouca movimentação nas estradas. Para ele, a causa dos acidentes pode ter sido o sono "e a falta de conhecimento dos motoristas e de consciência de si mesmo dos seus limites". "Viajar de noite é perigoso. Tem que dirigir com atenção. Não pode dirigir se estiver cansado", alertou.

Já em rodovias estaduais foram aplicadas 2.227 multas, sendo que 3.553 motoristas foram autuados por radar, de acordo com o Comando Rodoviário da Brigada Militar. Os policiais rodoviários abordaram ainda 12.507 pessoas e fiscalizaram 7.525 veículos, sendo que 80 CNHs foram recolhidas.

Acidentes

Um dos acidentes mais graves aconteceu na madrugada desta segunda-feira, quando três pessoas morreram e uma ficou ferida numa colisão envolvendo um ônibus e um carro em Ibirubá, no Noroeste do Estado, no km 73 da ERS 223.

De acordo com o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), um ônibus da empresa Ouro e Prata, que saiu de Cruz Alta, e um Chevrolet Vectra, com placas de São Luiz Gonzaga, colidiram frontalmente. As circunstâncias do acidente ainda são desconhecidas e serão investigadas pela Polícia Civil.

O motorista do Vectra, Jonathan Ourique Barbosa, de 25 anos, e os passageiros Rafael de Menezes Azzolin, 27, e Vanessa Maciel Martins, 29, morreram no local. O quarto ocupante do veículo foi socorrido e encaminhado ao Hospital de Cruz Alta. Segundo o CRBM, ele sofreu lesões leves e passa bem. No ônibus, não houve feridos.

Outros dois acidentes com ônibus também foram registrados durante o feriadão: um em Rondinha, na ERS 404, e um em Sertão, na ERS 135. Em Rondinha, a colisão envolveu um coletivo, que saiu do Paraná, e transportava torcedores que iriam assistir o clássico Gre-Nal em Porto Alegre, e uma Nissan Frontier. A colisão lateral aconteceu no km 12 da ERS 404, por volta das 6h de domingo. O motorista do carro, Cristiano Caus, morreu no local e o condutor do ônibus, Gilmar Alves da Silva, não resistiu aos ferimentos e faleceu no hospital.

Já em Sertão, duas pessoas morreram e 14 ficaram feridas em uma colisão entre um ônibus de excursão, com placas de Marau, e uma carreta bitrem Scania, de Erechim. O acidente aconteceu no km 38 da ERS 135. As duas vítimas fatais, identificadas como Lourdes Teresinha Pissolatto, 61 anos, e Moacir Morás, 63 anos, estavam no coletivo.

Mortes em rodovias estaduais

Sapucaia do Sul - 1 morte

Encruzilhada do Sul - 1 morte

Caxias do Sul - 1 morte

Ernestina - 2 mortes

Ipê - 1 morte

Sertão - 2 mortes

Arvorezinha - 1 morte

Nova Petrópolis - 1 morte

Rondinha - 2 mortes

Tapera - 1 morte

Tramandai - 1 morte

Ijui - 1 morte

Ibirubá - 3 mortes

Mortes em rodovias federais

Gravataí (BR 290) - 1 morte

Porto Xavier (BR 392) - 2 mortes

Muitos Capões (BR 285) - 1 morte

BR 470 - 1 morte