Porto Alegre

28ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

  • 20/03/2017
  • 10:24
  • Atualização: 10:38

Reunião entre sindicato e Visate discute rumos da greve dos rodoviários em Caxias do Sul

Em assembleia, categoria votou pela manutenção da paralisação

Em assembleia, categoria votou pela manutenção da paralisação  | Foto: Visate / Divulgação / CP

Em assembleia, categoria votou pela manutenção da paralisação | Foto: Visate / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Celso Sgorla

Uma reunião entre representantes da Viação Santa Tereza (Visate) e do Sindicato dos Rodoviários, ainda na manhã desta segunda-feira, vai discutir os rumos da greve deflagrada por rodoviários da empresa. 

Motoristas e operadores da Visate, responsável pelo transporte coletivo de Caxias do Sul, paralisaram as atividades. Desde às 5h, os trabalhadores se aglomeravam em uma quadra de esportes quase em frente à garagem da empresa para deliberar sobre a realização da paralisação. A maioria votou pela manutenção da greve durante todo o dia de hoje. A categoria busca reajuste salarial e aguarda por uma proposta da companhia e a concordância da prefeitura.

Conforme o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Tacimer Kullmann da Silva, os trabalhadores da Visate só deverão retomar o serviço se a empresa apresentar uma proposta de reajuste salarial. Motoristas e operadores da empresa estão concentrados em frente ao portão da Visate, porém, do outro lado da rua Júlio Calegari. Cálculos da Visate sugeriam que o preço deveria ser de R$ 4,25, um aumento de 85 centavos (ou 25%) em relação ao preço atual, de R$ 3,40.

Consultada pela reportagem, o diretor de trânsito da Secretaria Municipal de Transportes e Mobilidade, Pedro Cogo, declarou que um estudo foi feito pela gestão atual e os indicadores apontaram que não haveria viabilidade para reajuste salarial e para o aumento da tarifa.