Porto Alegre

31ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 17 de Dezembro de 2017

  • 06/12/2017
  • 17:50
  • Atualização: 17:57

Declaração de Trump sobre Jerusalém "destrói" solução de dois Estados, considera OLP

Secretário-geral afirmou que presidente americano "privou os EUA de qualquer papel" no processo de paz

Secretário-geral afirmou que presidente americano

Secretário-geral afirmou que presidente americano "privou os EUA de qualquer papel" no processo de paz | Foto: Thomas Coex / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O secretário-geral da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), Saeb Erekat, declarou nesta quarta-feira que o presidente americano, Donald Trump, "destruiu" a chamada solução de dois Estados ao anunciar o reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel.

Trump também "privou os Estados Unidos de qualquer papel" no processo de paz entre israelenses e palestinos, acrescentou Erekat à imprensa. "Como chefe palestino negociador, como poderia me sentar com essas pessoas se estão me dizendo que Jerusalém será a futura capital de Israel", acrescentou. Erekat advertiu que "isso afundará toda a região no caos, um caos internacional".

A solução de dois Estados tem sido durante muito tempo a base dos esforços internacionais de paz. Israel reivindica que toda Jerusalém é sua capital, enquanto os palestinos veem o setor oriental da cidade como a capital de seu futuro Estado.

"Acho que esta noite está estimulando as forças do extremismo nesta região como ninguém nunca havia feito até agora", disse Erekat em referência a Trump.