Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

  • 07/12/2017
  • 14:32
  • Atualização: 14:48

Italiano envenena parentes por serem "impuros"

Segundo mãe, jovem passava dias em frente ao computador e se alimentava "apenas do essencial"

  • Comentários
  • AFP

A polícia italiana anunciou nesta quinta-feira a prisão de um jovem que matou dois de seus avós e uma tia com tálio, um veneno que usou em outros cinco familiares que ele considerava "impuros". Mattia Del Zotto, de 27 anos, admitiu matar "para punir pessoas impuras", declarou Maria Luisa Zanetti, promotora pública de Monza, perto de Milão, a repórteres. O jovem comprou o tálio, um metal pesada altamente tóxico, de uma empresa e colocou nas bebidas e pratos de alguns membros da família.

O veneno matou seus avós paternos, de 94 e 88 anos, e uma tia de 62 anos no início de outubro. Ele tentou envenenar outros membros da família e cinco pessoas foram hospitalizadas nas últimas semanas, incluindo os avós maternos. A polícia conseguiu provar sua culpa através de um e-mail encontrado por acaso em seu computador e que o jovem havia esquecido de apagar.

Neste e-mail, ele indagava sobre o preço do tálio, o envio e impostos, de acordo com os investigadores.  A mãe de Mattia Del Zotti foi interrogada e alegou que seu filho se tornou "maníaco". Ele passava seus dias na frente do computador e parou de comer doces e beber álcool, afirmando que precisava ingerir apenas o "essencial".